domingo, 28 de novembro de 2021

As Ilhas Desconhecidas - IV





Paisagens tão depressa violentas como serenas,
 mas sempre de uma beleza inesquecível. 
Inesquecível Ilha de São Jorge!
Quero voltar!


 .My favorite things, John Coltrane

domingo, 21 de novembro de 2021

As Ilhas Desconhecidas - III

 



A serenidade do fim de dia ...


...e a alegria do começo do dia seguinte
na Fajã dos Vimes, Ilha de São Jorge

Momentos de maravilhamento nos Açores

.

(o título deste post e seguinte não é uma homenagem a 
Raul Brandão, mas é como se fosse)


.Slow dance, John Coltrane


domingo, 14 de novembro de 2021

As Ilhas Desconhecidas - II

Cafezais em socalco, na Fajã dos Vimes

O Pico a deixar-se ver,

 numa manhã sem nevoeiro

O precipício de cortar respiração na Fajã dos Cubres

.

Momentos na Ilha de São Jorge, respirando beleza

.

(o título deste post e seguintes não é uma homenagem a 
Raul Brandão, mas é como se fosse)

.La Séduction, Rabih Abou-Khalil


 

domingo, 7 de novembro de 2021

As Ilhas Desconhecidas - I



O mistério da floresta de cripetomérias


A dança do mar sem freios



 A liberdade das vacas, adornando a paisagem


Momentos na Ilha Terceira, respirando beleza
.
(o título deste post e seguintes não é uma homenagem a 
Raul Brandão, mas é como se fosse)

.
La Séduction, Rabih Abou-Khalil


domingo, 31 de outubro de 2021

A minha árvore de fogo




A luminosa, a colorida, a risonha, a generosa. A preferida!
A árvore que nos oferece os mais belos frutos de outono
O diospireiro!


 .
Pássaro de Fogo, Suite, Stravisnky

domingo, 24 de outubro de 2021

Ritmo do tempo actual



 Assim se sente o tempo passar: 
lento, silencioso, soturno!

.Nocturnos de Chopin, Maria João Pires


domingo, 17 de outubro de 2021

Em Despedida




 Na última caminhada deste ano pelas dunas,

 as paliçadas ofereceram-me um belo sorriso 

de "até-para-o-ano"

Lá estarei!


.Nocturno op9, nr.2, Chopin