sábado, 29 de abril de 2017

O sonho!





 
Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer
 
Como estes pinheiros mansos
que em verde e oiro se agitam...
 
 
.
 
( Pedra Filosofal, António Gedeão)



.
 






segunda-feira, 24 de abril de 2017

Abril Sempre!




Conquista
Livre não sou, que nem a própria vida
Mo consente.
Mas a minha aguerrida
Teimosia
É quebrar dia a dia
Um grilhão da corrente.
Livre não sou, mas quero a liberdade.
Trago-a dentro de mim como um destino.
E vão lá desdizer o sonho do menino
Que se afogou e flutua
Entre nenúfares de serenidade
Depois de ter a lua!
 
Miguel Torga
in 'Cântico do Homem'
 
.

Verdes Anos, Carlos Paredes







domingo, 16 de abril de 2017

A beleza ao pé da porta

 
 

Sem ser preciso a mão do homem,
a beleza das coisas simples ao pé da porta!
Bom Dia!
 

domingo, 9 de abril de 2017

A Ronda da Manhã

 
Desde o perfume da glicínia a envolver todo o jardim,

 
 passando pela promessa de cerejas daqui a um mês,

 
até às violetas ao rés do chão!

Aí está a primavera,
a mostrar-se na ronda da manhã!
É bom voltar a casa!
 
.
With a song in my heart, Sonny Rollins and The Modern Jazz Quartet
 
 
 
 
 


 
 
 




sábado, 25 de março de 2017

Como uma ausência

 
A DonaMinha pede para vos informar
 que vai ali e já vem!

 
E pediu para vos deixar este miminho!
 
.
 Comme une absence, Anouar Brahem
 
 

domingo, 19 de março de 2017

Passeio à beira-mar

 
 

Sem dúvida o inverno e a primavera são as melhores épocas para passear à beira-mar: o areal vazio pertence-nos, a arrogância do mar transforma-se em beleza inexcedível, a luz suave do fim da tarde apazigua todos os nossos fantasmas interiores.

.

domingo, 12 de março de 2017

Brincadeiras




 
O Inverno, a Primavera e o Mounty brincam às escondidas
 no jardim, em dia de chuva e sol!
 
.
Blue in Green, John Coltrane/Miles Davis
 
 
 
 

domingo, 5 de março de 2017

Multi-funções

 
Vou aproveitar este sol intermitente,
que tão bem faz aos meus velhos ossos
 
 
 
Altura certa para a minha higiene diária...
 
 
e para a prática de yoga, que me mantém flexível apesar da idade...
 
 
Por fim, uma pequena sesta. Que bom é estar vivo!
 
.
 
In your own sweet way, Miles Davis
 
 


domingo, 26 de fevereiro de 2017

 
Este ano as prímulas não foram as primeiras


 
Antes delas chegaram os narcisos -
 em grupo, alegres, determinados,
quase de cabeça levantada!
 
 
O jardim está a renascer, dia a dia
 
 
.
Spring is here, Bill Evans
 
 
 
 
 


domingo, 19 de fevereiro de 2017

Um dia de cada vez!


 
 
 
Um dia destes, ao amanhecer, querendo sacudir de dentro de si os fantasmas da noite, ela vagueou pelo jardim procurando mudanças, ouvindo as aves a saudar o dia, respirando fundo. E mais uma vez se deixou maravilhar pela beleza e perfeição de uma vulgar obra que a natureza oferece aos olhos de quem quer ver: admirou a teia perlada de pingos de chuva, levantou a cabeça com determinação e encarou com coragem renovada o dia que começava!
 
.
These foolish things, Charles Mingus
 
 
 
 

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Banalidades

 
Poderá encontrar-se poesia
nos mais prosaicos objectos do nosso dia-a-dia?
Basta acrescentar uns pingos de chuva...
 
 
.
 
These foolish things, Charles Mingus
 
 
 
 


domingo, 5 de fevereiro de 2017

Erva de gato

 
 Que erva mais verdinha tu semeaste para mim, mesmo aqui ao pé da porta!

 
 E que saborosa que é! Hummmm, vou comer mais um pouquinho!
Achas que é viciante, DonaMinha??????

.
Sweet and lovely, Thelonious Monk/John Coltrane






domingo, 29 de janeiro de 2017

Da Transparência




Há uma transparência digna nos objectos do nosso quotidiano.
E nas pessoas? E nas pessoas nas instituições?

.
I wish I knew, John Coltrane

domingo, 22 de janeiro de 2017

Eugénio, sempre

 
Versos de Inverno
 
Outra vez o abutre, o abutre
da tristeza, cai-nos em cima,
crava as garras, rasga,
retalha: - Oh irmão
do deserto, breve
oásis de sol
neste inverno: não há terra
de promissão
fora do corpo; ou da palavra.
 
(Rente ao Dizer, Eugénio de Andrade)
 
.
Sur l'infini bleu, Anouar Brahem
 

 
 

 

domingo, 15 de janeiro de 2017

Abraço vegetal

 
A generosidade do cedro e da azinheira, lá ao fundo,
 emprestaram braços novos aos dois chorões mortos.

 
No centro, o sorriso de aprovação da yuca.
Haja harmonia vegetal!
 
 
.
Blue in green, John Coltrane/Miles Davis
 
 
 

 

domingo, 8 de janeiro de 2017

Ano Novo, Vida Nova



Donaminha, a partir deste ano as minhas sestas vão ser aqui
nestas almofadas,  e não no chão do pátio.
É que os meus ossos...enfim, tu sabes!

.
Tenderly, Bill Evans