domingo, 15 de fevereiro de 2015

Inverno


A chuva bate com violência nas vidraças,
 numa música sem harmonia.
As pedras de granizo vivem uns minutos breves,
e logo se transformam em água.
Cá dentro está confortável. Anda para casa!
.
 
.
You´re my everything, Miles Davis


13 comentários:

São disse...

detesto chuva, mas que dá fotos assim lindas ...dá.

Bom domingo

Graça Sampaio disse...

Recado para o Mounty?!... Duvido. Esse devia estar bem enroscadinho no seu sítio....

Benó disse...

Gosto de andar à chuva, de vê-la, de ouvi-la.Gostei do que li e do que ouvi.
Uma boa semana, Justine.

Isabel Lourenço disse...

Está-se muito bem, nesse vosso cantinho.
Obrigada,pelo o poder partilhar convosco,especialmente nestes dias tristes de chuva,que aí se tornam menos tristes.

João Roque disse...

Eu aceito bem o convite. É tão bom estar em casa e ouvir a chuva lá fora...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Mesmo sem estar em casa, estou protegido da chuva e bem quentinho.
Boa semana

... já cá estou... disse...

... ah! não é comigo! É com o Mounti.
Vou ajudar: Eh!, anda lá, pá!
Mas ele virá quando muito bem entender... para exigir que o enxuguemos.

Graciete Rietsch disse...

Assim até é bom viver o Inverno, com conforto, boa música e ótima companhia.
O pior é quando nos lembramos dos "sem abrigo"
Um abraço muito,muito grande.

Clarice disse...

Tem dias que amo olhar a chuva. Mansinha, leve, ou forte e vigorosa, a lamber a poeira. Por aqui há cidades com prejuízos por causa dela e por falta dela. Vá entender!
Nessa chuva de inverno só uma xícara de chocolate bem quentinha.
Abraço.

Lilá(s) disse...

Adoro estar em casa bem aconchegada, a ver uma boa chuvada!
BJs

jorge esteves disse...

Do modo que anda a inverneira eu diria que 'cá dentro é que está confortável'!...
Brrrr.....

Carmem Grinheiro disse...

Olá Justine,
Para mim, o inverno é terrível e com chuva torna-se mesmo aborrecido. Resta-nos o calor do lar.

bj

Duarte disse...

Oxalá viesse alguma até cá... nem gota! Que inverno este... nem dá para molhar-se!
Por aqui já surgem os primeiros rasgos da Primavera, gosto dos equinócios!
Besos, amiga mía.