segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Amadeo



Amadeo Souza-Cardoso, sempre!
(Desta vez, integrado no Ciclo Delaunay, no CMA)
 
.
Concerto for piano & orchestra no.2, op.21, F. Chopin
 
 



8 comentários:

São disse...

Gostei muito da Exposição feita na Gulbenkian.Em Amarante , nunca consegui entrar no Museu..

Boa semana

Mar Arável disse...

Boa partilha

Bj

Luis Filipe Gomes disse...

Sim, Amadeo sempre! E Lucie também.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Há dias, na minha rubrica Bibó Porto, mencionei-o a propósito da Camisaria Confiança, onde ele foi caixeiro.

Majo disse...

~~~
Uma morte prematura,

muito lamentável...

~~~ Beijinho. ~~~
~~~~~~~~~~~~~

anamar disse...

Amadeo e seus amigos,

Uma exposição que não esquece.


Beijinho e abracinho caloroso.

Benó disse...

Gosto.

Duarte disse...

Quando fomos a Amarante, lá fomos até ao museu, valeu a pena, ajudou a conhecer um pouco mais um dos grandes.
Teve uma boa relação com os Delaunay, até chegaram a estar juntos na casa que o Amadeo tinha em Vila do Conde.
Beijinhos, querida amiga.