domingo, 19 de agosto de 2007

De empréstimo

Com o nosso jardim em estado de pré-hibernação, seco e martirizado pelos ventos constantes deste verão inconstante, lá fui pedir de novo de empréstimo ao nosso amigo um pouco da perenidade e do verde do seu jardim encantado.

4 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Eu nem me atrevo a dar uma olhadela ao jardim da tal casa...
Creio que está uma lástima embora as descrições que chegam, diariamente até mim, façam dele uma espécie de Jardim Botânico...

Belinha disse...

Que planta espectacular!! Como se chama?

justine disse...

Rosa,já não vou a esse jardim há uns dois anos, não faço ideia como está agora. Na altura, pareceu-me um lugar mágico!

Respondendo à Belinha - bem aparecida- já esqueci o nome, mas é uma árvore da família das coníferas

GR disse...

Fabulosa planta e fotografia!
Amigos com jardins assim...vale a pena!
Nunca tinha visto, espectacular!

GR