quarta-feira, 26 de maio de 2010

Resumo da viagem

Em silêncio, com a certeza calma de tudo o que vivemos. Até para o ano!
.
What is there to say?, Bill Evans









26 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

A falta de nitidez material apenas reforça os laços e abraços de uma mãe ao seu filho!

Abraço para ti, Justine, que o tens tão longe

Maria disse...

O abraço já com saudade dentro.
Como dói...

MagyMay disse...

Intui-o que este granulado é... ou aquelas "pepitas" únicas ou as marcas de muitos abraços e beijos.

Para ti, Justine um abraço apertadinho, apertadinho

pinguim disse...

Embora de uma forma diferente sinto bem o que são estes abraços...
Beijinho.

Fernando Samuel disse...

E que o próximo ano chegue depressa...

Um beijo.

bettips disse...

Embebedada
embevecida
com as cores do amor
e da flor
e do tempo
e de palavra grande-amor-perfeito
renascido!
Bjs

Duarte disse...

Detrás dos vidros chove... mas a luz deixa antever quanta ternura no aconchego dum até à próxima, num abraço maternal.
Seio o que isso é e compreendo-o.
Abraços de vida para os dois

GR disse...

Lindo registo de amor.
O amanhã chega depressa!

Gd Bj,

GR

Mar Arável disse...

Vi tudo

muito nítido

Bj

samuel disse...

O coração não desfoca...

Abreijo.

Pitanga Doce disse...

Ó Justine, me tiraste a chance de ver-te outra vez! Mas tá bem. Um momento só teu e dele.

beijos da Pitanguinha

vovó disse...

"tá" quase!! :)...
como te compreendo...

beijocasssss
vovómaria

Pssst... disse...

... já está!
Até para o ano?... Serão eles capazes de aguentar um ano, apesar do skipe e dessas coisas que agora há?...
A ver vamos...

anamar disse...

Momentos de ouro...
Abracinho
:))

Licínia Quitério disse...

Diz: até já! Ele anda sempre contigo.

Beijinho.

poetaeusou . . . disse...

*
faz como eu,
nunca digas adeus !
,
conchinhas, ficam,
,
*

intimidades disse...

nao ha nada melhor que umas ferias bem passadas , com a pessoa que nos faz sentir melhor

Beijos
Paula

Patti disse...

Mesmo desfocado, comove. Voltarás uma e tantas vezes!

Lilá(s) disse...

Um ano passa rapidinho... hum ! sou piegas detesto braços vazios.
Beijo grande

Sara disse...

Creio bem que há "resumos", que dizem (quase) todas as palavras do mundo. :)

intimidades disse...

Tas quase a convenver-me a tentar fazer yoga outra vez hehe

Beijos
Paula

Benó disse...

Fez-me lembrar uma pintura de Van Gogh.
Como estão bem com as flores e as árvores a servirem de fundo. Boa ideia a perpetuar um doce momento.
Abraços apertados.

M. disse...

A ligação entre mães e filhos é quase indizível. Penso que sabemos que não conseguimos exprimir por palavras tudo o que sentimos. Uma bonita fotografia.
Um beijinho meu.

nuno leite disse...

As distancias existem para serem encurtadas... E ha algumas que nem o tempo aumenta. Continuo ai, em ti...

mdsol disse...

Não acredito que ainda faltem tantos meses!
Beijinhos de eu entendo-te!

:))

legivel disse...

... estas máquinas fotográficas modernas são um espanto. Esta foto faz-me lembrar o açúcar granulado, do doce amor maternal.

E filial, claro.