domingo, 20 de julho de 2014

Peniche - III



As entradas temidas


As saídas permitidas


Os voos sonhados 

.
Não há música compatível com estas memórias. Façamos então silêncio...






19 comentários:

João Roque disse...

Três fotos muito bem legendadas.

Rosa dos Ventos disse...

Três fotos que contam meses e anos a ansiar pela liberdade!

Abraço

Benó disse...

Bonitas fotos de um lugar onde reinou o sofrimento e a dor.
Uma boa semana, Justine.

Graciete Rietsch disse...

E a coragem, a coerência, a luta,presentes em todas as fotos tão bem legendadas.

Um beijo.

Isy disse...

Exelentes fotos.... Adorei! Tenho muita curiosidade em conhecer Peniche.

Bjxxx

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Curvo-me em silêncio, apreciando as fotos e reflectindo sobre as memórias que lhes estão associadas.

Paula Rodrigues disse...

lidissimas

jinhos
Paula

greentea disse...

tenho muitas ligações a Peniche e ao Baleal
morava lá quando Humberto Delgado ia visitar Cunhal
estava lá qd Cunhal fugiu e toda a vila foi revolvida ...
guardemos silencio por estas memórias , pelo sofrimento dos q por lá passaram

Isabel Lourenço disse...

mais três significativas fotos,que nos irão relembrar sempre o passado negro fascista, mas ao mesmo tempo aquele dia ,sereno entre amigos e camaradas.

Isy disse...

Estas fotografias estão simplesmente fantasticas... Acredita que as adorei.

Bjxxx

Luis Filipe Gomes disse...

As fotos transformam-se com o ritmo das palavras que escolheste para legenda. Adquirem o sentido do poema.

São disse...

Estupendo post, com fotos muito boas
e magníficas legendas.

Por vezes , o silêncio diz tudo, tens razão.


Fica bem

um que não chegou nem tão longe, nem tão alto disse...

excelente post!

... e, sempre, a luta e os projectos de fuga.

anamar disse...

Belisssimo post.

Abracinho, Justine

Olhar com Coração disse...

sao lindas as fotos
bjoo
carina santos
http://olharcomcoracao.blogspot.pt/

Duarte disse...

Quantos desejaram converter-se em Icaro!... Demasiado vulto para o alvo dum fusil...
Como já disse, bom trabalho, boas tomas...
Abraços e um bom verão

Humana disse...

Excelente sequência de posts sobre o tema "Peniche"; mesmo sem desligar a musica de fundo, fiquei mergulhada no silêncio que se instalou dentro de mim.
Abraço, Justine.

Graça Sampaio disse...

Fotografias escolhidas... Sente-se o silêncio. Muito bonito.

Anónimo disse...

Impossível não ficar a alma comovida - e revoltada. Fotografias que não deixam esquecer a cadência infernal dos dias adivinhados. Olhar a liberdade lá fora, sofrer, sonhar com o dia único.
E hoje, não transigir.
Beijinho da bettips