sábado, 14 de novembro de 2015

Realidade Distorcida




Haverá actividade mais fácil do que a distorção da realidade?
Até se pode considerar uma expressão artística!
.
Trincheras/Decadence, Alberto Iglesias, London Session Orchestra



12 comentários:

jrd disse...

Sabemos da distorção mas da realidade não!

Teresa Durães disse...

Sou muito fã nisto - a realidade é relativa, Eintsein. Talvez por ser de ciências, talvez por o meu cérebro ter nascido assim

M. disse...

Se fosse "uma expressão artística" não havia tanto problema...
A música é impressionante.

Clarice disse...

Só dizendo: Que barato isso! No Brasil é um belo elogio.
Desculpe a ausência no seu blog. Passei por mais 20 pontos na barriga e aos poucos voltarei.
Beijo.

Duarte disse...

Uma práctica que se utiliza, para alguns com fins suculentos. Mas é triste!
Quando nos vitrais, sim...
Abraços de vida

São disse...

E criaturas existem que adoram e fazem disso a sua meta.

Bom domingo

Mar Arável disse...

Que abram os olhos os inocentes
em vida
para que se lute contra os miseráveis mercados

Majo disse...

~~~
~ É pior que mentira - é intriga e normalmente visa a calúnia.

~ Uma fraude do mais baixo nível, que devia ser punida nos meios de comunicação social.

~ Apesar dos pesares, que seja uma boa semana.

~~~ Beijinhos. ~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Vieira Calado disse...

Pois sim, amiga!
Tudo depende do como é feita essa distorção!
Até no horrível pode haver arte!

beijinhos!

Clarice disse...

Obrigada minha querida amiga do outro lado da água.
Foi um mau pedaço, mas acredito que minha qualidade de vida melhorará agora. Quem uma vez corta a barriga sempre estará sujeito a aderências que tiram a qualidade de vida.
Beijão.

O Puma disse...

A realidade tem que ser muito bem explicada

porque realidades há muitas

bettips disse...

A beleza assim não aflige! Antes é bem vinda. A outra, a que fala dos interiores desses ministérios e bancos e agências... essa realidade é assustadora, sim.
Abç