segunda-feira, 16 de abril de 2007

Deuses perfeitos


Têm no olhar
o orgulho,
na barriga
a gula,
na vida
a preguiça,
nas gatas
a luxúria,
no cobertor
a avareza,
na janela
a inveja,
no acordar
a ira.
Deuses perfeitos
inabaláveis
por pecados humanos

(Guto Graça)


4 comentários:

Betinha disse...

Como compreendo este post! Sou uma amante de gatos e realmente são tudo isso e muito mais, uma paixão.

Maria disse...

Gato lindo , poema lindo
1 abraço
Maria

GR disse...

Esta foto tem as cores da Primavera,
O mandriar do Mounty indica que as férias estão próximas,
O poema lindíssimo confirma,
Há deuses Perfeitos!

GR

Anónimo disse...

Poema lindíssimo a fazer jus à beleza do Mounty, e que ele exibe, ostensivamente, sem falsos pudores.

Polana (A)