terça-feira, 31 de julho de 2007

Contrastes

Este é dos países onde a beleza paradisíaca da paisagem choca dolorosa e violentamente com a miséria em que vivem as populações. Não era preciso, porque o país não é pobre.E só é assim, porque assim quer quem nele manda.



4 comentários:

mounti disse...

Belas (e duras) fotos e belos (e duros) textos. O contraste entre a beleza, dos locais, das gentes, das fotos, dos textos, e a dureza das realidades. Que tão bem podiam ser outras...
E alguém do país manda no país? Não será quem manda no mundo que escolhe e manda nos que (aparentemente) mandam no país?

Rosa dos Ventos disse...

Neste e noutros!

mia disse...

Em todos, digo eu... em todos!!

GR disse...

Dizia-me hoje um pobre e triste reformado:
"Não há mal que sempre dure, nem bem que se não acabe"
Talvez chegue o dia em que os povos possam sorrir e que o contraste seja somente o da natureza (o verde da vegetação e o vermelho da terra).
Pode ser uma utopia mas eu acredito nela.

GR