terça-feira, 28 de abril de 2009

Mais um ano, em conta redonda...



Fios invisíveis, fundos e firmes unem os nossos corações e os nossos espaços geográficos. Podemos assim dizer, para abreviar, que as túlipas são o traço-de-união entre o meu pátio nesta aldeia portuguesa e o jardim que da tua janela vês, na cidade dos canais.
Hoje contentamo-nos com as túlipas. Mas amanhã será diferente: dar-te--ei o beijo especial e iremos construir o teu dia a aquietar saudades em conversas sem fim. Amanhã começarás outro ano, que pressinto será de todos os prodígios. Já vou a caminho, com uma canção no peito!
Até amanhã, filho.
.
With a song in my heart, Sonny Rollins+The Modern Jazz Quartet

41 comentários:

mena m. disse...

Parabéns ao filho e à mãe!!!

Que passem uns dias inesquecíveis!

Beijinho

de guarda às túlipas de cá disse...

E eu comovido, com os olhos húmidos, com muita vontade de contigo ter ido dar o abraço de pai que não sou e me sinto...
mas não basta sentir para se ser.
É assim a vida. E viva ela, a vida, seja ela como for embora nós a façamos ser como é.

Um grande abraço para ele, com muita força para a luta.

Teresa Durães disse...

os filhos e as distâncias. e quando o meu chega ao fim de uma semana afastado (e tão novo), envolvemo-nos numa conversa onde, provavelmente, não teria lugar se nos víssemos todos os dias

vovó disse...

que bom que vai ser esse abraço!!!

Parabéns aos dois e um tempo juntos, muito feliz!
beijocasssss

Paula Raposo disse...

Parabéns! Assim é a saudade quando os nossos filhos estão longe, a intensidade do momento ainda é mais forte, se tal é possível! Beijos aos dois.

Rosa dos Ventos disse...

Belas as túlipas, as de cá e as de lá...
Que possas dar-lhe esse abraço de parabéns e muitos outros até ao teu último alento!

Abraço para ti e para ele

Si disse...

Parabéns ao rapaz e à mãe, que as tulipas assim tão fortes cresceram em terra bem adubada, pelos vistos! : )

Patti disse...

Parabéns aos dois e a essas túlipas magníficas!

Neste momento, estou a fazer um trabalho sobre túlipas.

M. disse...

Tão bonito, Justine, tão bonito o que aqui dizes!
Parabéns pelos dois.

lilás disse...

Parabéns aos dois.
Lindas essas tulipas
bjs

MagyMay disse...

Filhos..."Fios invisíveis, fundos e firmes unem os nossos corações..."
Acho que é uma das "definições" que li com que mais me identifico, plena mesmo...obrigado, Justine

Às vezes somos o que criamos...bom né?

GR disse...

Um post lindo e comovente, como muito bonito foi "o" comentário.

É bom ter uma mãe tão linda e criativa!

Bjs para os dois e um dia mt feliz,

GR

Benó disse...

Boa viagem.Uma estadia FELIZ e um bom regresso.
Volta rápido, sentimos a tua falta.
Que o teu regaço venha cheio das flores com que costumas brindar-nos quando viajas.
Sei que te sentirás Feliz junto do filhote.
Um abraço.

samuel disse...

Lindo!

Abreijo.

pinguim disse...

Que bonito, Justine!
Parabéns aos dois, pois o aniversário de um filho é uma recordação maravilhosa para uma mãe.
Beijinho.

Maria disse...

Percebo agora a madrugada...
Beijo de parabéns ao filho e à mãe.
E a quem ficou de guarda às túlipas de cá...

... abreijos

as-nunes disse...

O Nuno é um felizardo. Com uma mãe que lhe prepara a emoção de mais um aniversário com a devida antecedência, é de ficar desvanecido até mais não.
Muitas Felicidades para os dois.
António

Juani disse...

felicidades al hijo y a la madre, que paseis un feliz dia
saluditos

Pitanga Doce disse...

Ai que isso é tudo o que se quer! Quanto vale desembarcarmos num aeroporto e vermos um filho à nossa espera? Braços abertos, sorriso no rosto e somos nós que ficamos tão pequeninas!

Felicidades aos dois!

Fernando Samuel disse...

Quando uma tulipa é um beijo de mãe...


Um beijo - e parabéns.

segurademim disse...

... será doce e feliz o encontro

as palavras inesgotáveis
a presença, os olhares... dispensam tudo o mais, não é?

PARABÉNS ( havemos de beber um licorzinho : à saúde!! )

BlueVelvet disse...

Parabéns aos dois e que passem um bom dia.
Muitos beijinhos

Duarte disse...

Palavras de mãe, que quer e ama.
As tulipas, o vinculo de união entre dois povos e dois seres.
Parabéns para o teu filho e para ti, que sejais imensamente felizes nesse reencontro. Desejo-vos um lindo e grande dia, bem aproveitado para que pareça pouco.

Um grande abraço para ambos.

legivel disse...

... porque a Segurademim se adiantou, viria aqui apenas assinar por baixo... e marcar presença. Mas como tal não vai ao meu feitio (não acrescentar nada à carta) devo dizer-te que este teu pequeno texto é uma das formas literárias mais emotivas sobre a ligação de duas pessoas, que tenho lido nos últimos tempos. Disse.

cristal disse...

Lindo, lindíssimo! Apenas passo para deixar registo do meu abraço para os dois, com votos de que tenham muitos mais fios, teias e teias inteiramente semeadas de tulipas e de todas as mais flores de todos os jardins. Voces merecem.

Sal disse...

Parabéns aos dois. Deve ser difécil estarem afastados...

(não me consigo imaginar longe da minha M., mas isso um dia vai acontecer e eu não sei se quero... chuif....)

Um beijo do tamanho do mundo

anamar disse...

Se para esse país para onde vais é o das flores... eu vim hoje de um Paris arrasadoramente coberto de tulipas como nunca vi...
Belas são também as do teu jardim..
Parabéns para vós... que o dia tenha sido feliz...

utopia das palavras disse...

Aquieta a saudade, no abraço e no beijo.
Nós ficamos com as tulipas!

Um beijo

a fazer a mala disse...

É assim! As coisas mais queridas acontecem - porque as fazemos acontecer - e, depois, fica uma espécie de vazio por terem acontecido e não serem eternas... como os diamantes. Estou feliz por ter sido tão bom para os dois. E para mim... porque foi para os dois.
Agora, partimos para outra. A estas voltaremos.

bettips disse...

Passou o dia - nunca as saudades da ternura.
Entre malas vos deixo, feliz por (saber) que acompanho os vossos olhos e sentidos (estarei por trás deles).
Beijinhos, bons ares vos tragam!
(estas tulipas são lindas, as cores e a altivez, cadé as outras?)

tinta permanente disse...

Cheguei (vê-se) num tempo de ausência. Desta vez boa ausência. Que seja, assim, para ti e para o teu filho. De tal forma que chegue para voltar a mitigar saudades, seja entre tulipas ou sardinheiras...

Abraços!


p.s. - a minha sempre gratidão por todo este tempo, sempre lá, ao lado da minha ausência. (e já por lá expliquei aquela coisa do vestido de Bragança...)

Van Dog disse...

:)

Tinta Azul disse...

Beijos atrasados à Mãe e ao Filho. Mas beijos!

:)))

~pi disse...

essa uterina tulipa

( tua,

a mais bela cor :)



beijo triplo :)))



~

Arabica disse...

Coração de túlipa sem fronteiras ou abrigo que o prenda.




Parabéns (ainda que atrasados) num beijo.


:)

Mar Arável disse...

Abril de novo

no Maio de sempre

Lúcia disse...

Canção de amor. Maior do que esse não há:)
Que se curtem e desfrutem muito. Que esses laços da maternidade são indestrutíevies._)

Alien8 disse...

Justine,

Um beijo, só por isso.

Chat Gris disse...

Parabéns! :)

com senso disse...

Os meus sinceros parabéns ao Filho e à Mãe que tão belo post colocou em sua homenagem...
Belissimo!

jawaa disse...

Comoveste-me com esta homenagem ao teu menino longe. Sabes, eu como tu tenho o meu (também) Nuno, longe, do outro lado do grande oceano.
E este ano vou estar com ele no dia do seu aniversário, assim tudo corra como desejo.
Parabéns, principalmente à Mãe - que o filho não se lembra desse dia...
Um abraço longo.