sábado, 11 de setembro de 2010

A Mão no Ombro


Como se tu alumiasses
ainda
cada degrau, cada palavra,
e a noite não fosse
a única porta estranhamente
branca,
eu subia sem conhecer o ombro
onde apoiava a mão.
.
(Deixo-vos com o Poeta, e vou ali-já-venho, realizar um velho sonho. Voltarei mais esclarecida. Ou mais perplexa. Diferente.)
.
Rente ao Dizer, Eugénio de Andrade
.
Symfoni i c-dur 2, A.Vivaldi(I Musici di Zagreb)









34 comentários:

Há.dias.assim disse...

O que importa é que voltes!

R. disse...

E que a realização do sonho seja, em si mesma, uma experiência positivamente onírica.

Abraço!

Maria disse...

A fotografia é linda! Azuis que se reflectem no branco de forma intensa.
Ficamos bem, com o poeta. Mas não me digas que também vais para a Berlenga... :)))

Duarte disse...

Grande este Eugénio!...

No ir e vir está a vida.
Voltando sempre.
Cumprindo metas
mais ou menos esclarecidas.

Um grande abraço

Licínia Quitério disse...

Vai, Amiga, sobe os teus degraus.

À propos, no Facebook deixei uma lembrança para ti.

Um beijo.

Benó disse...

Desejo-te boa viagem e"que sejam muitas as manhãs de verão."
Volta enriquecida. Diferente????
Um abraço.

Anónimo disse...

aqui te espero, com um abraço... :)...

beijocasssss
vovómaria

intimidades disse...

olaaa

ja tava com saudades do teu cantinho, voltei, trabalho quase concluido :)

beijos
Paula

Lilá(s) disse...

Realizar um sonho é bom!logo voltarás enriquecida pela certa.
Bjs

Fernando Samuel disse...

Quem me dera realizar um velho sonho!...

Um beijo.

legivel disse...

... quando me vou, acompanha-me normalmento um vocábulo: expectativa. Então no regresso, logo se (viu) vê.

Por vezes (a maior parte delas) é necessário algum tempo para sabermos em que ombro apoiamos a mão. Outras nem por isso. Que a condição humana tem destas coisas: não há alfaiate ou costureiro que disfarce um ombro nu. Talvez uma cirurgia plástica...

apoiei a minha mão
em ombro tão delicado
logo apanhei um escaldão
vou pôr a mão noutro lado.

vou pôr a mão noutro lado
num sonho por realizar
espero não vir desapontado
nem de mãos a abanar.

Braço e sorrisos.

augusto, um entre mil disse...

Diferente: a mudança faz crescer. Vai e faz-te acompanhar pelos teus poetas.

GR disse...

Que esse "velho sonho" te realize nem que seja por poucos momentos.
Desejo-te dias felizes e ficamos à tua espera!

Bjs,

GR

Sara disse...

A genialidade destas palavras, do seu entrelaçar repleto de sentidos que procuramos desvendar, buscando-os na nossa própria existência. Merece letra maiúscula, não há dúvida.
Boa viagem!

Patti disse...

E um sonho desse azul todo, é para galgar dois a dois!

Anónimo disse...

Desejo-te uma boa viagem nesse teu sonho. Fico à espera do teu regresso com muitas fotos e palavras.
Beijo, Joana

Idun, a felina disse...

mais esclarecida e, talvez por isso, ainda mais perplexa, espero. :)
se encontrares balthazar, diz-lhe que a minha Humana lhe envia (discretas) saudações.

boa viagem - e que no teu ombro pouse a mão que acompanha o teu caminhar.

intimidades disse...

e bme estar de volta :)

tentei mandar-te mails, mas parece que nao os recebes, acho que devo ter o endereco mal hehe mudei de pc e fiquei com tudo confuso

Beijos
Paula

al disse...

Espero que o regresso seja rápido.
Beijos.

... e contigo voo disse...

E assim sou apanhado de surpresa...
Pela foto, pela beleza do poema,
por tudo e por nada.
Assim te vejo partir,
e contigo vou!

Boa viagem

bettips disse...

Luísa sobe a calçada
Clea sobe a escada
Entre elas, um sonho antigo que se vê no desgaste da pedra.
Do poeta e com poema virado à ria.
Formosa, a terra. Formosas ambas.
Bjinho até breve (eu tb)

anamar disse...

Passa-me depois por palavras o teu sonho...
Boa viagem..
beijinho
Ana

JPD disse...

Sonho perfeito aquele que nos revigora abrindo novas perspectivas.

Bjs

M. disse...

Gosto muito deste azul/branco.
Até breve.

poetaeusou . . . disse...

*
mas que ombro,
alumiado !!!
,
conchinhas,
,
*

Rosa dos Ventos disse...

Sei que partiste mais serena e ainda bem, Amiga!
Diferente voltarás certamente mas a pedra angular da tua forma de estar na vida irá manter-se, disso tenho a certeza!
Cá te espero...

Abraço

Barbara disse...

Estou cá aguardando a sua (tomara), perplexidade.

OUTONO disse...

A palavra...doce...que nos enleia e, nos diz leitura obrigatória.

Obrigado por este recordar.

Beijinho.

MagyMay disse...

Ir para realizar um sonho (que belo).... certo que voltarás diferente.

Volta já, logo, sempre tu.

arabica disse...

Volta-se sempre diferente.
E é muito bom.


Abraço esperando por ti. :)

segurademim disse...

que sobretudo sejam uns dias muitos felizes

;)

Anónimo disse...

quando nos começas a brindar com as belezas do teu "quarteto..." ? ... ainda andas a sonhar por lá?! :)...
saudadeeeeeee
beijocassssssssss
vovómaria

jawaa disse...

Que bom, poder realizar-se um sonho velho.
Um abraço

com senso disse...

Amiga Justine

Grato pela sua visita e pelas palavras generosas deixadas no meu espaço.
Depois esse belo Mounty, carente da sua Donaminha e com evidente gosto por computadores é de uma fotogenia desarmante.
É sempre bom passar por aqui e ver captados esses belos momentos únicos que expressam bem o que de bom tem a vida.
Um beijinho com amizade