sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O diospireiro


O mais jovem da família do jardim cresceu sem sobressaltos durante toda a primavera e verão.
Não nos deu frutos, era cedo. Agora, antes de recolher ao descanso de inverno, despede-se de nós numa exuberância de cores de pôr-de-sol, assim em jeito de promessa de frutos que nos oferecerá para o ano.

Entretanto, para esperarmos com mais paciência estes compassos do tempo, um vizinho atento e atencioso ofereceu-nos ontem alguns diospiros do seu jardim. Visão de futuro!

.

Tempus fugit, Miles Davies(The Sepent's tooth)


40 comentários:

Maria disse...

Fiquei a salivar com a oferta do vizinho... achas bem?

:)

Carla Diacov disse...

tudo de babar e lamber com olhos, testa...enfim...

queria por num porta-retrato a foto do profile e só mostrar para a minha filha...quando eu a tiver, um dia!



beijo.

MagyMay disse...

Justine,

Este ano, lá foi outra barrigada deles!
Também existe um "vizinho bom" com um diospireiro na minha vida...rs

Por aqui, acabaram.
Aguarda-se a próxima colheita!!

Abraço apertadinho com o sabor do diospiro

MagyMay disse...

Justine,

Este ano, lá foi outra barrigada deles!
Também existe um "vizinho bom" com um diospireiro na minha vida...rs

Por aqui, acabaram.
Aguarda-se a próxima colheita!!

Abraço apertadinho com o sabor do diospiro

Zélia Guardiano disse...

querida Justine!
Tenho uma pequena chácara, onde plantei frutos para os passarinhos.
Eles já puderam saborear diospiros, produzidos no ano passado, pela primeira vez...
Postagem mais do que linda, amiga!
Beijo

Rosa dos Ventos disse...

Adoro dióspiros!
E estes parecem deliciosos...
Boa vizinhança dá nisto! :-))

Abraço

as-nunes disse...

Nem toda a gente gosta de dióspiros.
Mas eu aprecio-os muito. E à colherada, uma maravilha!

Tinha um, já há uns bons 10 anos, começou a adoecer e tive que o abater.

Uma delícia.

Abraço
António

GR disse...

Lindo texto e um registo fotografico cheio de beleza.

Bjs,

GR

intimidades disse...

Agora fiquei com vontade de comer diospiros

Bjinhos grandees

Paula

Sofá Amarelo disse...

Visão de passado, de presente e de futuro... a minha fruta prferidaaaaaa, ai, e só tenho ali um, que tentação apetece-me ir comê-lo. Sabes que durante muitos meses o diospiro foi o meu símbolo num dos meus primeiros blogues? E havia quem o confundisse com tomate, apesar de se notar bem.

Não sei se isto dos diospiros será genético, a verdade é que a minha mãe e as minhas tias mataram muitas vezes a fome com diospiros no tempo da II Guerra, porque o meu avô tinha um vale de renda onde tinha diospireiros, figueiras, macieiras... cujos frutos matara a fome a muita gente da família e não só.

Beijinhos

Pitanga Doce disse...

Não são o meu fruto preferido mas gosto da cor. E como se diz por aqui, "comer fruta no pé" é tudo de bom.

Legal, esse vizinho, hein?

Beijos, Justine

Anónimo disse...

Além de lindíssimos são deliciosos,
digo eu e a Sofia que provou, aprovou e exigiu mais e depressa.

Campaniça

tulipa disse...

Gostei de ir acompanhando a sua viagem a Alexandria...eu, estive na Croácia, desta vez.

Vejo que se acabaram os posts sobre o Nilo, o Cairo e o Egipto...
é sempre tão bom poder ver aquilo que os nossos amigos da blogosfera visitam e as opiniões que formulam sobre as suas viagens.
Obrigada pela partilha.

Assim aos poucos eu também vou conhecendo mais um cantinho do mundo e em todos eles há a sua particular beleza.

Sobre o seu post...que bela cor tem o diospireiro!!!
Bom fim de semana.

Duarte disse...

Querida amiga, isto não se faz, gosto imenso de diospiros! E se são coroa de rei, como parece que sim, como dizia a minha avó, então de loucura !...
Bom, limito-me a comer com os olhos... como os figos deste verão, recém colhidos...

Que essa visão se faça real.

Um grande abraço, querida amiga

poetaeusou . . . disse...

*
á miiiiga,
,
não digas nada ao vizinho,
diospiros ? nem vê-los,
e á mesa se alguem os comer
tenho que me levantar,
serei anormal ?
,
conchinhas,
,
*

Benó disse...

Lindas fotos, Justine. Numa, dás-nos a visão do perfeito alinhamento das árvores como soldados numa parada e na outra o colorido envernizado dum fruto que não faz parte do meu açafate.Mas ambas me encheram os olhos.
Desejo-te um bom fim de semana com o meu abraço.

Paloma disse...

Até os meus sete anos de idade, eu
saboreava os diospiros.Depois,até
hoje, saboreio caquis. Tanto lá como cá, o fruto é delicioso.
Abraços

Sara disse...

Esta cor radiosa! Só pode ser sinal de um futuro promissor... e de um presente suculento :)

Bom fim-de-semana!

Há.dias.assim disse...

ah! como eu gosto de dióspiros...
Vou tirar um, só um porque engordam muito.
:)

mdsol disse...

Acho o post um MUST. Só uma sensibilidade requintada e uma criatividade pujante faz tanto do que podia não ser nada.

:)))

salvoconduto disse...

Parecem os da Leninha, uma vizinha aqui do lado. Nunca vi um com copa tão frondosa e tantos diospiros que, diz o meu filho, são uma delícia, habituado a eles estes anos todos, a vizinha é generosa. Já o companheiro dela não bate bem da bola. Ah e tal, tira muito sol, vai daí agarrou numa motoserra e quase lhe fez o funeral. Esteve dois anos sem dar nenhum para desespero do meu filho.

Esta lengalenga toda só para perguntar se aí o vizinho ainda tem diospiros... É que os vizinhos dos meus amigos, meus amigos são. Não é assim pois não? Eu quero lá saber, mas ele está sempre a perguntar se a árvore já voltou a dar diospiros...

Fernando Samuel disse...

É assim: quando sabemos esperar, o futuro está logo ali, «ao alcance das mãos»...

Um beijo.

utopia das palavras disse...

Também tenho uma amiga que todos os anos me presenteia com uma caixa enorme de diospiros da sua produção e que eu me encarrego de partilhar com os vizinhos!

beijo

anamar disse...

O fruto mais sensual que existe...
Haverá outros, mas este, de outono,
Provoca-me...
Também tenho o hábito de os fotografar..Beijo grande
:))

Con sorte disse...

Tantos suspiros pelos dióspiros!
Cá por mim, vai mais um.
Suspiro ou dióspiro?
Tenho a sorte (estou com a dita) de poder escolher.

Lilá(s) disse...

Adoro dióspiros, também já tenho um com dois anitos, este ano presenteou-nos com 7 exemplares! lindos e saborosos...aguardo o próximo ano na esperança de fartura. O meu ainda mantém as folhas todas verdes!
Beijinhos

São disse...

Dióspiros?! Jamais, obrigada!

Uma boa semana.

Idun, a felina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Idun, a felina disse...

deliciosos devem ser esses dióspiros; mas, incapaz ainda de dar fruto,redime-se o jovem diospireiro ao deliciar o vosso e o nosso olhar, com a beleza das suas cores.
marradinhas afectuosas da bicharada do "pequeno jardim"

Licínia Quitério disse...

E já os mostraste ao diospireiro para ele saber que espécie de filhos vai ter?

Miles Davies em fim de tarde! Um luxo :)

Beijinho, Amiga.

Gárgola disse...

Que bonita foto e que palavra mais alegre, não conhecia o diospiro, do outro lado do atlântico se chama caquí.
Agora sei: ;) (Diospyros kaki L.f.)
beijos e saudades amiga

Graciete Rietsch disse...

Tudo tão lindo!!!!!O texto as fotos e então a música é extraordinária.

Um beijo.

OUTONO disse...

E como eu gosto deste gosto suculento...

Maravilhoso!

Beijinho!

intimidades disse...

Muitas vezes pergunto-me torque nao fazemos mais pequenas loucuras:)

Beijos grandees

Paula

JPD disse...

Comprámos meia-dúzia, daqueles que se deixam roer. Estavam deliciosos.

Tão apetitosos quanto os que ilustraste.

Bjs

R. disse...

Visão de futuro e delicada atenção. Estou certa que os frutos de tal vizinhança não se cingem aos diospiros :)
Um abraço ilumminado pela luz quente e confortável destas cores, em dias que já se vão sentindo frios.

pinguim disse...

Um fruto assim exposto é quase como um sexo a pedir acção.
Desculpa-me mas esta comparação deve-se à "separação"...

Patti disse...

Não sei se gostei mais das tuas palavras, se das cores luminosas deste jovem fruto da tua casa.

bettips disse...

Deixei em cima o raio de sol que me surgiu ao ver estas tuas cores-palavras!
Bj

jawaa disse...

Eu, que gosto de tudo o que é fruta, que sou capaz de viver só de fruta... confesso que diospiro é apenas uma fruta linda e colorida - não aprecio o sabor nem a textura.
Aprecio mais esta sã vizinhança...!
Um abraço e bom proveito!