domingo, 20 de outubro de 2013

Equilíbrios



 
Vivem lado a lado com os pescadores. Fazem parte da vida deles.
 
 
Esperam-nos na praia e, tal como as suas famílias,
 ficam nervosas à aproximação dos barcos.
 
 
Depois da faina por ali ficam, saciadas, tranquilas e familiares.
 
 
É bela esta coexistência.
 
.
Come rain or come shine, Bill Evans Trio 


 

17 comentários:

lino disse...

Sinal de tempestade!
Beijinho

São disse...

É bela...como belas são as tuas fotos.


Boa semana

Lilá(s) disse...

E que belas fotos elas proporcionam!
Bjs

Graciete Rietsch disse...

E essa coexistência já se estende ao interior da cidade, connosco e com as pombas.
É lindo, mas é também uma consequência da poluição do mar.

Um beijo.

anamar disse...

Com o é bela a vida de gaivota...

Beijinho.

Anónimo disse...

Sequência perfeita: o Norte (?)é assim, apaixona por tão diverso: luta/trabalho/sonho.
Bjs da bettips

Clarice disse...

Uau! Isto que é azul!
Belas fotos.
Pelo visto gaivotas tem esse ar de alegria em todas as praias.

Bons ventos para elas e para você.
Abração.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Hoje, no cronicas on the rocks, uma joaninha contou-me uma história sobre o peixe Nero que lhe foi contada por uma gaivota.E eu acreditei...

Rosa dos Ventos disse...

Toda a coexistência pacífica é bela e mostrada por ti ainda mais!

Abraço

jorge esteves disse...

É! Aprecio-a muitas vezes. Mas nem sempre é pacífica...
abraço.

greentea disse...

sem dúvida! Vi-as no domingo na praia , mesmo sem pescadores , entre as pessoas que por ali passavam/estavam.
Guardo na memória as gaivotas das Berlengas, os seus voos noturnos , os seus cantares...

jrd disse...

Do Mar e das gaivotas e da fidelidade...

Abraço

M. disse...

Como uma série de diapositivos, assim a vida. Bela esta limpidez.

Benó disse...

São elegantes no seu voo e proporcionam belas fotografias como estas que aqui nos ofereces. Mas, de vez em quando, ao passarem voando sobre o meu estendal fazem umas descargas que, valha-me Deus!

GR disse...

Mar, gaivotas, faina da pesca.
Lindas fotos.

Gd BJ,

GR

Duarte disse...

Entre areia e redes: as gaivotas!
Belos instantes tão bem captados, que realidade mais exacta a ritmo de piano...
Besos y añoranza

Humana disse...

belos apontamentos.