domingo, 5 de janeiro de 2014

Espera

 
 

Hiberno. Espero os dias que não anoiteçam.
Afogo-me. Espero o sol que aqueça as árvores.
Tirito. Espero o calor que fecunde a terra.
Entristeço. Espero o sorriso dos botões de rosa.
Espero. Ainda quase mais três meses...

.
Nocturno para piano nº21, F.Chopin (Maria João Pires)



22 comentários:

lino disse...

Este tempo é triste!
Beijinho

Graciete Rietsch disse...

Fotografia, texto, música lindíssimos que nos dão ânimo para esperar pelos dias de SOL e Calor que chegarão para ficar, independentemente das estações do ano.

Um beijo.

greentea disse...

detesto o inverno! ainda hoje de manhã qd houve uma aberta , andei de roda das flores para ver se alguma coisa já estava a rebentar ...nada.
apenas as alfaces têm crescido e a salsa frizada. As petúnias ainda estão floridas , apesar do temporal
Beijinhos e tudo bom para ti

João Roque disse...

Sim, mas a Primavera acaba sempre por chegar...

Paula Rodrigues disse...

felizzz ano novo

Cheio de rosas

Bjinhos
Paula

GR disse...

Período difícil, detesto o céu cinzento e o frio...custa tanto.

Mas este teu post é tão lindo, até penso, se não houvesse este triste inverno não poderíamos ver, ler e ouvir este tão belo post.

GD BJ,

GR

M. disse...

Tão bonito, Justine! Um bailado de árvores e palavras.

Rosa dos Ventos disse...

Estamos em modo de espera mas nem todos temos um espaço tão tranquilo como o teu para esperar por melhores dias em todos os sentidos!

À espera de te dar um abraço

Clarice disse...

Hummmm... que lindo.

Mas aproveite esses tr~es meses, mesmo que o frio seja forte. Aqui o calor supera o normal.

Corpitcho é uma variação de corpinho(belo corpo!). Sabes que nós por acá hablamos "portunhol", uma receita de língua nenhuma com espanhol. Então é quase como se chamássemos a atenção com vaidade sobre nosso corpo com um autoelogio.
Beijo.

São disse...

Assino por baixo.

Única consolação: os dias já são um pouco maiores.

Oxalá Maria João Pires ganhe o Prémio para que está indicada.

Bom Dia de Reis

Licínia Quitério disse...

Entretanto, tudo cresce e se prepara para a Epifania. É espantosa a quietude da foto.

via disse...

Quarteto de Alexandria! Nome curioso e o Inverno.Duas boas conjugações.

Mar Arável disse...

Gosto de todos os apeadeiros

os cravos germinam
Aguardo

Anónimo disse...

SIM. Assim. Piano, palavra e olhar.
Falando um pouco com quem se gosta.
Bj da bettips

Luis Filipe Gomes disse...

Os dias já começaram a crescer e já se vai notando. Diz o "Borda D'Água" que no mês de Janeiro em Lisboa aumentam 42 minutos e no Porto 48.

Humana disse...

hoje, o sol apareceu timidamente, por entre nuvens, e a natureza mostrou um breve sorriso...

abraço, justine

jrd disse...

Sim, o Inverno tem as costas largas, mas a Primavera que aí vem vai continuar o nosso descontentamento.
:(

Maria Alice Cerqueira disse...

Feliz 2014!
Abraço amigo!
Maria Alice

Pitanga Doce disse...

Cheguei! Trago sol, calor, Verão e sorriso. Tudo bem que aí é frio e nos faz ficar assim meio pra baixo. Sei disso (se sei!)Mas aqui estamos fritando ovos no chão. Então querida Justine, a certeza de que tudo muda com os movimentos da Terra nos faz segurar a onda. Ao menos tens uma linda vista e podes saborear um portinho, do lado de dentro da janela...é claro. beijos pitangueiros.

ma invernia disse...

Sorrio. Ao sol que de vez em quando aparece a dizer-nos que existe e que voltará para ficar... uma temporada.
Ouço. Não só a Maria João Pires, mas os pingos nas clarabóias numa sinfonia por vezes (poucas...) agradável para vencer a solidão e a penumbra.
Leio, vejo e escuto. E gosto, e sinto que algo renasce... ou há-de renascer.

Duarte disse...

O ciclo chega ao seu fim, ainda que seja a etapa final a mis dura: não suporto o frio!
Ademais convém não enfrentar-se a ele, senão os resultados são de graves consequências.
Um grande abraço

eu disse...

Também o frio dá vontade de nos enre(n)darmos...