quinta-feira, 30 de julho de 2009

Périplo americano V - New York dos postais

Fizemos tudo a que um turista honesto tem direito nesta cidade:
-subida ao Top of The Rock (terraço no 80º andar do Rockefeller Building), para ver Manhattan quase do céu

-dois dias no Museum Mile para visitá-los todos: o MAD, o Met, o Guggenheim, o Whitney, o Cooper-Hewitt e o da Cidade. De "barriga cheia", ainda reservámos o último dia para o MoMa. Valeu a pena


-três horas de cruzeiro de circunvalação a Manhattan, para uma piscadela de olho à Estátua da Liberdade e para admirar a cidade de dentro do(s) rio(s)


-visita ao mais belo edifício de Nova York- o Chrysler Building

-uma tarde de domingo no Central Park, para assistir a um concerto de música africana e ao espectáculo dos nova-iorquinos em total descontracção familiar


-admirar o tradicional fogo de artifício do 4th July, do terraço do nosso prédio

-flanar sem destino por Chelsea, Village e Soho, apreciando as velhas casas e namorando as modernas lojas de design


-dançar até quase ao esgotamento ao som de uma orquestra de swing num club de jazz, enquanto deixávamos arrefecer o jantar na mesa

-ouvir blues no "B.B.King" em Times Square, depois de termos falhado um espectáculo na Broadway que, como é de tradição, estava esgotado como todos os outros
.
Depois disto, estávamos finalmente prontos para sentir o verdadeiro bater do coração da cidade
.
'Round Midnight, Miles Davies/John Coltrane

34 comentários:

Fernando Samuel disse...

A isso se chama uma estadia em cheio!...

Um beijo.

Si disse...

Ando para fazer esta visita já há um tempo, para voltar a sentir aquilo que mais admirei nos EUA - a mentalidade prática. Com um ritmo vertiginosamente diferente de Miami (onde estive) Nova Iorque nem deve deixar sentir o sabor do descanso... :))

Maria disse...

Há aqui uma fotos apelativas, sem dúvida.
Mas ir a N.Y.......

:)))

Paula Raposo disse...

Fantástico! Sempre quis ir a NY, mas ainda não fui. Beijos.

intimidades disse...

vamos a isto

Adoro NY, adoro o movimento a vida a variedade, as ruas sem subidas
e uma cidade divertida

Jokas
Paula

Juani disse...

un viaje bien aprovechado, que envidia, es uno de mis viajes soñados, cruzar el charco
saluditos

Arabica disse...

Justine,

foi até hoje cidade que não me seduziu a partir, mas reconheço que é uma cidade única. E traduzida por ti, vale a pena seguir todos os passos.

Aqui vamos nós :))

Beijos

Duarte disse...

Grandiosidade e beleza. Uma cidade das grandes, cheia de historia...
Agora é um bom momento para ir, é baratíssimo! Não fui ha uns meses por não ter a quem deixar a Hannah, senão tinha ido com o meu amigo César: veio maravilhado.
Algum dos seus comentários acompanhados de fotos...
"Charlando con el portero de la casa donde vivía John Lennon y en donde fue tiroteado prácticamente en el sitio donde me encuentro, no es sitio de turisteo, pero todo el mundo va y el portero no es guía pero te cuenta toda la historia con tal de que guardes al menos un metro y medio de distancia entre él y tú y por supuesto es puertorriqueño y muy orgulloso de su Castellano"
"En Central Park, frente a uno de los lagos (artificial por supuesto que para eso es EEUU)"

Boas fotografias e excelentes comentários, dos que incitam a partir, já!

Um grande abraço para ti, querida amiga

Lúcia disse...

E eu andei a fazer um périplo pelos últimso posts ENCANTADA, Mme!
mas que viagem tão boa, Justine.
Obrigado por nos trazeres um bocado de invej...desses momentos, né?!:)))

bettips disse...

A coisa está a aquecer... queremos MAIS! E lá vamos aprendendo a gostar da cidade dos filmes, a que nunca dorme. Sábios olhares, os que nos abrem olhos.
Bjinho

cristal disse...

Fica sabendo que ontem, parte da conversa com a amiga D já foi a tratar dos planos para a próxima ida. Só que, da próxima vamos juntas e teremos que arranjar acompanhante para o acompanhante... não sei se me faço entender ;)*****

pinguim disse...

Nova York deve ser uma cidade única, tenho a certeza...
Não sei se um dia ainda lá consigo ir????
Beijinho.

Teresa Durães disse...

Não conheço, tenho alguma curiosidade em ir lá mas não faz parte das primeiras opções. E o modo como perseguem os fumadores...

A.S. disse...

Justine...

Que férias deliciosas!!!

Um beijo meu...

Kristal disse...

"NY dos postais",pois é, e a outra NY?Qué dela?
Bom ,não se pode ter tudo.
Belo Post,claro.

Rosa dos Ventos disse...

Só depois disto?!
És muito exigente! :-))
Gostei da visita através do teu olhar sempre atento a todos os pormenores...

Abraço

mena m. disse...

Que sudades me fizeste com este post teu!

A última vez que lá estive em Maio de 2001 ainda fui às Twin Towers!

Beijinhos.

P.S:
Se soubesse que ainda tinham ficado na cavaqueira teria ficado convosco.
Para a próxima não me escapam...

MagyMay disse...

Isso é que foram umas férias!!

Muito interessantes os postais que aqui deixaste... eu aqui, sonho...

jawaa disse...

Que bela viagem. Andei por outros lados... só me faltou o swing. E tenho pena!

rosasiventos disse...

parece tudo absolutamente IMENSO

e sim, só vejo por aí

... woodies! :)




beijo

Lilá(s) disse...

Belas férias entäo!!!

Benó disse...

Fizeste-me lembrar a primeira vez que subi ao R.B. para tocar o céu, ainda tinha uma máquina de rolo. Tirei muitas fotos mas infelizmente tinha-me esquecido de pôr rolo.
Bela reportagem, Justine, pois N.Y é realmente uma cidade que vibra connosco.
Um abraço e bom fim de semana.

pin gente disse...

sim, sim, sim... porque em ny também há romance, misticismo, paixão, ...
e o jazz, os bares, o design, as galerias... até oiço james taylor...

muito tentadora a tua reportagem!
abraços
luísa

Anónimo disse...

ups! isso é que foi :)!!!
fico à espera de mais...
beijocassssss
vovó Maria

acompanhante disse...

... e atão... ficas-te por aqui?
A amostra é boa - comprovo-o - mas há muito mais.
Já falamos...

Licínia Quitério disse...

Um dia vou. Ou não vou. Também por aqui (e bem) vou indo...

Beijinhos.

~pi disse...

venho de novo para

de novo e agora

ouvir a cidade no teu coração,





beijo em jazzzzzzzzzzz :)






~

tulipa disse...

Fiquei maravilhada com as suas descrições de NY.
Adoro NY.
O movimento, a vida, a variedade, as ruas, a grandiosidade e beleza.

Estive lá em Dezembro de 2006.
Aquele anmbiente natalício fantástico. Adorei.

Todos nós temos os "nossos lugares especiais" e hoje convido-te para veres os lugares por onde andei no mês de Julho, que terminou há 2 dias.
Muito recolhimento físico e psíquico, derivado ao meu debilitado estado de saúde. Mas, cá estou, pronta a recomeçar o trabalho, embora a 80%, mas haja esperança em dias e momentos bons que custa menos lá estar.

Nos meus últimos posts falei de:
entre o bom e o mau
permanece a essência
e após a tempestade
a bonança virá
esta é a minha esperança.

um beijo meu e tudo de bom para ti

ParadoXos disse...

ao entrar aqui
pude também viajar
e sonhar um pouco as tuas asas!

UAU

:-)


teu beijo, muito nosso!




ps: esta não foi de metro!
eheheheh

mfc disse...

O saber estar e o saber viajar.
Parabéns.

Teresa David disse...

Felizmente que não sou invejosa, porque embora não seja a minha primeira prioridade para visitar, é, sem dúvida um sítio que adoraria visitar e fazer o roteiro aqui tão bem deliniado.
Bjs
TD

Rui Caetano disse...

http://www.cidade-com-futuro.com/

poetaeusou . . . disse...

*
New York , New York,
,
adorei as fotos,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

Anónimo disse...

Start spreading the news, I'm leaving today
I want to be a part of it - New York, New York.......la la la :-)
E uma boa sessão de jazz no Village Vanguard?
E um brunch no Tavern on The Green?
Andar pelas ruas de NY, já em si é o próprio espectáculo.
A cada viagem sempre algo para se descobrir.
Longing for NY.:-)Revisitei-a contigo.
Que belíssimas memórias!
Obrigada por esse post...adorei!
Um beijo

Polana (A)