segunda-feira, 14 de setembro de 2009

As Janelas



.............................As janelas
.............................por onde entram as silvas,
.............................a púrpura pisada,
.............................o aroma das tílias, a luz
.............................em declínio,
.............................fazem deste abandono
.............................uma beleza devastadora
.............................e sem contorno.


Rente ao Dizer, Eugénio de Andrade
.


Nocturno nº21, Chopin(MªJoão Pires)

















45 comentários:

Patti disse...

Tenho muito essa manai de fotografar janelas e portas. E o que eu tirei de fotos agora em Barcelona...

Licínia Quitério disse...

Uma grande harmonia neste conjunto imagem/texto/música. Uma bela janela, agora pintada de fresco.

Beijinho.

anamar disse...

Gosto muito destas fotografias..
Tenho também algumas portas e janelas abandonadas por onde a vegetação teima penetrar...
a beleza no abandono e as palavras assentam como uma boa luva!
:)) abracinho

Paula Raposo disse...

Gosto muito de janelas! O poema do Mestre Eugénio de Andrade, uma beleza! Um post belíssimo. Beijos.

Maria disse...

Só agora consegui ver a nova cara do blogue...
Belíssimo post, Justine. Como que a prolongar o dia de ontem, tão bonito...

Beijos

pinguim disse...

As janelas são de facto muito fotogénicas e não só nas fotos, que o diga a Maluda...
Eugénio de Andrade escreve bem sobre janelas e sobre tudo, e Chopin, ainda por cima, tocado por Maria João Pires está muito adequado.
A propósito da música que escolhes para as tuas postagens, qual o site que estás agora a usar e do qual escolheste este tema? É que é simples e bonito...
Beijinho.

Si disse...

Um destes dias também vou falar de portas e janelas lá em casa... o bairro anda todo em sintonia ;)

Fernando Samuel disse...

Foi precisamente sobre estas janelas que Eugénio de Andrade escreveu...


Um beijo.

Pitanga Doce disse...

É parar fente ao que restou e imaginar quanta história existiu por lá. E se acompanharmos a visita com a música que toca ao fundo...

PS: Como nada é perfeito, só queria encontrar o grafiteiro que deixou sua marca e fazê-lo limpar.

boa tarde Justine, hoje tarde cinza e mais fresca. Poderei saborear o chá que minha mãe trouxe daí e, com certeza, lembranças irão dançar no teto da cozinha.

mdsol disse...

O post uma beleza e o novo visual da casa também. Beijos aos 3 ehehe

:))))

legivel disse...

As portas
de onde despontam as margaridas,
os cravos, os jacintos,
mais o odor da terra molhada às primeiras claridades da matina,
fazem desta fotografia
um cântico de liberdade
(que me perdura na retina)
e de rara sintonia.






(lá me enganei na imagem!)

intimidades disse...

adoro janelas, principalmente estar a janela a ver o pessoal passar hehehe

Jokas
Paula

Violeta disse...

justine
efectivamente, apesar da degradação as janelas são bonitas...
bjs

mena m. disse...

De um encanto singular este teu post!

Vollkommen schön!

Beijinho

Benó disse...

Um novo cabeçalho!!!
De acordo com o nome do blogue. Gosto de ouvir a M.J.Pires.
Um abraço e boa semana.

Anónimo disse...

"E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
Que nunca é o que se vê quando se abre a janela."

Excelente post.

Não consigo deixar de fazer uma referência ao Mounty...ele está ali ao lado do post com um olhar tão apelativo.

Beijos do trio :-)

Polana(A)

Rosa dos Ventos disse...

O poema e as janelas deram-me um murro no estômago logo de manhã...
É preciso despertar!

Abraço

Sofá Amarelo disse...

Sublimes palavras de Eugénio de Andrade que conseguiu traduzir aquilo que eu sinto também quando vejo janelas neste estado - algumas já foram janelas e contam histórias de vidas...

Muitos beijinhos!!!

Anónimo disse...

Penso que tudo o que foi abandonado,ficou fora de uso,tem estórias para contar,mas as janelas
são,sem dúvida,quem as quarda melhor Viram para dentro e para fora.Foram olhos e ouvidos,sabe-se lá de quem e de quantos.Mesmo agora são alvo da atenção de quem "sente".Belo post.
Kinkas

Lilá(s) disse...

E a foto faz toda a diferença.
bjs

MagyMay disse...

Que importa se velho e degradado... é belo!
Janelas são rasgos de nós.

Que sensibilidade, Justine!

Idun disse...

aplaudimos a renovação do blog e a nova foto de perfil.

quanto ao post: nele constatamos, sobretudo, a grande sensibilidade que te caracteriza, justine.

um ronron ao primo mounty, que acumula festas e mimos da Donadele e do Fazdedono.

marradinhas afectuosas para ti

as-nunes disse...

Quanta harmonia!
Quanta singeleza!
Quantos olhares!
Quanta fantasia!

Quem me dera sentir o meu espírito emoldurado pelo remanso deste post!...

Às voltas com as minhas arrelias!...

António

Lúcia disse...

... e as vidas que já espreitarm por essas janelas. também as vejo. também as tenho, sim.

utopia das palavras disse...

Gosto de olhar as janelas, as suas rugas no declínio dos dias, mesmo que abandonadas mantêm o seu ar sempre guardião de qualquer coisa!

Eugénio de Andrade e as tuas fotos fizeram um magnífico post!

Um Beijo

mundo azul disse...

___________________________________


Poema e imagem numa composição perfeita!

Obrigada pela partilha...


Beijos no coração!


_________________________________

samuel disse...

Soberbo! Como sempre. Texto, imagens... e a ideia que os juntou.
Gosto do novo "Quarteto".

Abreijos.

Anónimo disse...

0 blog, para "variar" está lindíssimo :)! depois, quanto ao resto... subscrevo o "cantigueiro" :)!...
beijocassss
vovó Maria

Humana disse...

justine, vim hoje reapreciar a beleza destas imagens e a das palavras de eugénio de andrade. também aproveitei para ler alguns dos teus posts anteriormente publicados. diz-me:não há nada que possamos fazer pela Amarelinha?

deixo-te o meu abraço

Manuel de Santiago disse...

La ventana (xanela) es siempre un lugar de curiosidad. Desde dentro a fuera y de fuera adentro. Causan una extraña sensación las ventanas abandonadas. No hay en ellas vida, ni curiosidad. Siembran tristeza.
Un saludo.

Fa menor disse...

A beleza nos olhos de quem vê!

Perdi-me na tua música.

Bjinhos

mfc disse...

A imagem sublinha perfeitamente a beleza do poema de Eugénio.

aguacateyfresas disse...

Belas fotos, um beijo

jawaa disse...

Quase poderias ilustrar com uma destas belas imagens o «pecado» com que nos acena o PPP!

duarte disse...

ha cores que o tempo transformam em aromas...
que bem se respira por aqui.
abraço do vale

hfm disse...

Como não respirar fotos, poema, compositor e interprete? Obrigada.

com senso disse...

Ao olhar essas janelas interrogo-me sobre que vidas terão passado por ali. Que tempos de alegria ou de tristeza elas terão sido testemunha.
A nostalgia do nocturno de Chopin condiz absolutamente com essa sensação.

~pi disse...

esta coisa das plantas virem do dentro

esta decadência

infinita

esta espécie de mistério

de vida do

avesso...

[ também eu tenho umas fotos semelhantes

tiradas... na marinha grande...




beijo G





~

M. disse...

Até na entropia podemos encontrar beleza!
(Gosto do novo visual...)

PreDatado disse...

Bem ilustrado o poema ou bem ilustradas, com o poema, as fotos? Melhor dizendo, boa e bonita simbiose.

Duarte disse...

Que imagens!!!
Janelas abertas à vida, que resistem ao tempo.

Quantas coisas perdi, que estou a recuperar. Admiro a capacidade que tens para encontrar e cantar à vida e às coisas, da vida.

Abraços de grande amizade

Arabica disse...

Quando ao abandono humano, sucede a luxuria da natureza!

Belas imagens!

Arabica disse...

E Eugénio de Andrade será sempre Eugénio de Andrade. Assim.

Chat Gris disse...

Que lindas! e cheiram a Outono, não é?
(há tanto tempo que não vínhamos aqui...)

pink disse...

These are life and high quality web site available to you to do here, I wish you peace and happiness!
Diese sind das Leben und qualitativ hochwertige Web-Site zur Verfügung, um hier zu tun, ich wünsche Ihnen Glück und Frieden!

plastic:
整形外科,抽脂,隆乳
果凍矽膠,電波拉皮,隆鼻

Food:
chocolate,彌月蛋糕,乳酪蛋糕
巧克力,蛋糕,台中乳酪蛋糕

Accommodation:
MOTEL,汽車旅館,台中汽車旅館

Clothing:
日系服飾,服飾批發,流行服飾

Housing:
法拍屋,法拍

Automotive:
大樓隔熱紙,汽車隔熱紙,隔熱紙

Health:
保健食品,樟芝,納豆

Marriage:
外籍新娘,大陸新娘,越南新娘
外籍新娘,大陸新娘,中國新娘

pet:
柴犬,哈士奇,瑪爾濟斯,拳師犬

Kitchenware:
室內設計,室內設計作品,歐化廚具,廚具
系統櫃,系統傢俱,傢俱,裝潢,廚具工廠

cleaning:
清潔公司,居家清潔

websale:
seo,網路行銷,網路行銷
seo,seo,網路行銷

yoga:
瑜珈,瑜珈教室,瑜珈補習班
瑜珈教學,瑜珈教室,高雄瑜珈