sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Coexistência pacífica












A cegonha, quem sabe se à procura de companhia para trocar algumas impressões sobre a vida e as loucuras dos homens, construiu a sua casa junto do galo do campanário, que, conforme pode, lhe vai mostrando o norte. Dão-se bem, numa exemplar coexistência pacífica.
.
Le Carnaval des animaux:Volieres, C.Saint-Saens


31 comentários:

Rui Fernandes disse...

Vim aqui de corrida a matar saudades e a não deixar que o ano acabe no esquecimento. O ano sim, esse é que é para esquecer. Já percebi que a cegonha vai trazer um novo ano. Este é que não sei se nos vai trazer uma coexistência pacífica com tantos galos para aí a desnortearem-nos... é a vida, dizem os franceses. E é a única que temos, dizemos nós. Beijinhos para vocês e... porrada no ano novo! Que é de pequenino...

Fernando Samuel disse...

Uma coexistência pacífica que, pelo menos para já, não integra a luta de classes...

Um beijo - e um 2011 com muitas e fortes lutas (de classes...)

De asas abertas disse...

É curioso...
O voo das aves, e os seus falares/cantares são mesmo (ou parecem ser) pacíficos... embora umas ponham os ovos nos ninhos que outras fizeram. Mas não há notícia de grandes desavenças entre aves. Ou eu não as conheço, nada ornitólogo que sou embora perscrutador de aves e voos seja.
Gostei muito desta mensagem de coexistência e deste diálogo, presumo que em cegonhês.

Bom trabalho e BOM ANO (N)OVO

Rosa dos Ventos disse...

Mesmo muito pacífica esta coexistência!
Este não canta de galo, porta-se muito bem com a Dona Cegonha...
No final olham ambos na mesma direcção!
Belos instantâneos alentejanos.

Abraço

Maria disse...

Se o galo não fosse de ferro se calhar... outro galo cantaria...
:)))

Bonitas fotografias.
Um ano novo cheio de Futuro!!!

mdsol disse...

Grande história de natal.
Minha querida: um ano muito bom. E sabes, a tua companhia é fundamental.

beijos para os três.

[A música, soberbamente escolhida]

jrd disse...

Glotera a Cegonha, cucurita o Galo, bem ensaiados fazem as nossas delícias e ensinam-nos tanto...
Um grande abraço e votos de um 2011muito feliz.
jrd

BlueVelvet disse...

Vim deixar-te um abracinho cheio de sinceros desejos de um Feliz Ano Novo.
Beijinhos

greentea disse...

olha, tb me convinha um poiso assim bem alto para estar longe de certas "alcateias" e dialogar com o galo dos horrores q o s homens fazem cvá por baixo ...
risos e ... bom ano para ti e para o miau lindo !

jawaa disse...

Um bom exemplo para os humanos...
Assim seja para o próximo ano!
Votos de boa passagem e Ano, um miminho ao Monty.
Beijinho

samuel disse...

Viemos com a cegonha... mas aprendemos pouco pelo caminho...

Beijo.

Pitanga Doce disse...

Ó caramba! Não estará ela vendo onde vai deixar o bebê e ainda se engana e deixa na casa do padre? Temos que pensar em todas as possibilidades. hehe

PS: Mas por que é que sou assim???

Folhetim Cultural disse...

Olá feliz 2011!
Quero hoje que você possa ver o trabalho feito no Folhetim Cultural que é o blog pelo qual sou responsável este abaixo é o endereço:
informativofolhetimcultural.blogspot.com
hoje sábado 1º dia do ano, voltamos com as publicações.
Ás 9 horas da manhã minha coluna poética
Às 13 horas O Poeta entrevista quadro de entrevista
e ás 17 horas Chá das 5 onde um poeta colaborador escreve uma coluna poética. Ao longo da semana atualizações são feitas com noticiário cultural, espero que possa contar com seu apoio nessa empreitada e que possa opinar sobre o nosso trabalho agradeço a atenção lhe desejo um ano super!

Magno Oliveira
Folhetim Cultural

Há.dias.assim disse...

Olá justine
Pois é... assim o Homem coexistisse pacificamente com o seu semelhante.
Bom ano também para o Mounty

Há.dias.assim disse...

Olá justine
Pois é... assim o Homem coexistisse pacificamente com o seu semelhante.
Bom ano também para o Mounty

al disse...

Viva a coexistência pacífica...
Bom Ano de 2011.

MagyMay disse...

... mas porque não somos cegonhas e galos, no alto de um campanário?
Porque,

Bom Ano, Justine
Abraço apertado,
como cordão de sapato
(esta rima não "correu" lá muito bem...rs)

O Puma disse...

O problema é quando põem

os pés no chão

Bj

Graciete Rietsch disse...

Parabéns, Justine, pela beleza deste post. Tudo tão lindo, tanta harmonia! Fotografia, cores, música, tudo harmoniosamente combinado. Até parece que já chegamos ao tal dia por que tanto lutamos.

Mais uma vez parabéns e um beijo grande.

intimidades disse...

um maravilhos e cheio de fantasticas experinecias ano de 2011 para ti

Beijos
Paula

JPD disse...

Ela -- A cegonha -- rapidamente terá percebido que o galo era majes(x)tático.
Voilá!
Uma cegonha sage!

Bjs e bom ano, Justine

Sofá Amarelo disse...

... e a ajuda com certeza também mostrando a direcção do vento norte... ou sul! A vida também se faz de companhias assimétricas!

Muitos beijinhos e um bom ANO!

Lilá(s) disse...

Belo instantâneo! e o que será que confidenciam?!
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
gostei
,
a religiosidade,
das cegonhas !
,
etéreas conchinhas,
ficam,
,
*

Nilson Barcelli disse...

As cegonhas escolheram muito bem. A vista deve ser magnífica e o galo sempre ajuda...
Beijos, querida amiga.

Idun, a felina disse...

é pena, o galo ser de ferro. pois, se de ferro não fosse, os festejos-a-dois na passagem de ano, com algum vinho-de-missa à mistura, haviam de dar, daqui a uns tempos, um lindo casalinho de galicegonhitos....

marradinhas

R. disse...

Magnífica ideia, Justine! A tua e a da cegonha, pois claro! Ambas geniais :)

Anónimo disse...

Com tanta mesa (pé de galo) na tv, ufff...ainda bem que não se candidatam a nada: só a serem olhados e fotografados (e bem!).
Bjs da bettips

Duarte disse...

Uma natureza caprichosa que arrisca com a força da gravidade... a beleza das AVES.

Um bom ano... que feliz que fui!...

Beijinhos e abraços

anamar disse...

Que alguém, ser ou não ser, viva pacificado....
Beijinho saudoso
Ana

Sara disse...

Maravilhosa coexistência! E, quem sabe se, em troca de ir conhecendo o norte, a cegonha não vai partilhando com o galo alguns segredos do próprio pulsar da vida?
Beijinhos! :)