segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Conotações positivas


E então, para aliviar o ambiente um pouco pesado do post anterior, ofereço-vos as rosas colhidas ontem no jardim de um amiga, flor cuja conotação, se alguma ainda tem, é com antigos milagres caridosos...

8 comentários:

mountolive disse...

Os antigos milagres, que caridosos eram, também nossos vizinhos eram. Ali para Leiria...
Agora, são ainda mais próximos mas não têm lá muita caridade, nem estas flores e muito menos esta cor!
Já nada é como era, como se ouve dizer. Embora eu não esteja de acordo se a conclusão é de que tudo jã não é como era por ser pior...
De qualquer modo, fique-se sabendo que, mais uma vez, fui surpreendido pela qualidade da fotógrafa e legendadora.
E ela é a minha vizinha mais vizinha... para não dizer mais e não parecer elogio em boca própria!

Boa Lingua disse...

Que belas flores e cores...
E ainda gatos! Duas paixões que nos são comuns...
Passarei pelo seu Jardim mais vezes, Justine.

Rosa dos Ventos disse...

São rosas, Senhora, são rosas e espantosamente belas!
Sabes que renasceram algumas no pequeno jardim da tal casa que foi feita para eu não morar nela?
Fui lá hoje visitar o Petrus e deparei-me com elas!

Abraço

Justine disse...

Boa Lìngua,e eu terei todo o gosto em recebê-lo. Obrigada por esta 1ª visita. Há ainda outra paixão comum, que partilhamos com a arquitecta: as cidades.

Justine disse...

Rosa, as rosas são umas sobreviventes, assim como os gatos, mas dá-lhes uma mão, é bom para eles e para ti.

Justine disse...

Mountolive,eu depois converso contigo... de viva voz!

Maria disse...

As rosas são lindas... porque vermelhas!!!!

GR disse...

Tão lindas são as rosas, como a fotografia.
Parabéns!

GR