sexta-feira, 18 de julho de 2008

Posto de vigilância

Não ralhes comigo, Donaminha, não vês como fico triste e cabisbaixo e envergonhado e...tudo!

Prometo que não vou fazer um único risco na tua escrevaninha de estimação! Olha, até já estou a cortar as unhas.
Uff, foi-se embora! Como ela confia em mim! Mas claro que vou continuar aqui em cima, de onde vejo a porta. Imaginem que entrava um cão e eu não dava por nada, só para não riscar este traste velho!
Vá lá um gato perceber as importâncias humanas...

38 comentários:

faz-de-don(inh)o-dele disse...

Mas que é isto?
A escrevaninha que era do meu avô lá de Lisboa a servir de pousio, e guarita de guarda a cães que é coisa que não anda pelas redonsuzas, e de estúdio?!
Vá lá, tolero, aceito... pela graça das fotos e pela qualidade dos textos.

samuel disse...

Quando o pedestal está à altura do "pedestalado"... é muito bonito!

Duarte disse...

Vejo-o taciturno, pesaroso, mas fiel nas suas obrigações e, como tal, vigilante: não pelo que entra, mas por se entras.

mdsol disse...

Ai gato gato... Daqui de longe vai um miau!
e um beijinho para a dona que tão bem escreve as tuas histórias. Já pensaste gato que, no mínimo, precisas de 8 ou 9 vidas para lhe agradeceres?
:)

mdsol disse...

Ai gato gato... Daqui de longe vai um miau!
e um beijinho para a dona que tão bem escreve as tuas histórias. Já pensaste gato que, no mínimo, precisas de 8 ou 9 vidas para lhe agradeceres?
:)

Lerivan Ribeiro disse...

hehehe
Muito bom seu bolg!

bjus

Carla disse...

uii que espectáculo
bom fim de semana
beijos

jasmimdomeuquintal disse...

Hum! que saudade do super gato.
Lindo e interessante como sempre, como são todos os gatos...
bjocas

heretico disse...

snob e com a mania das alturas. embirro. com tal gato. solenemente...

(mas não resisto a uma caricia. será que deixa?)

encena_dor disse...

Agora noto - faz falta, na minha "estória", um gato preto. Como adereço, está claro!

poesianopopular disse...

Mas que gato mais cnvencido hã!
Responde e,consegue a confiança dum, e consegue a complacência, do outro!
Isto é que é diplomacia de alto nível.

GR disse...

Mais um texto fabuloso a acompanhar, o mais belo felino da blogosfera.
Mounty,
Ouço-te mesmo a falar!
Parabéns,

Bjs,

GR

pinguim disse...

Estes teus diálogos com o teu gato já são um "must" do blog...
Beijinhos.

um Ar de disse...

Eu diria... um clássico!...
.
[Beijo...]

mariam disse...

rsrsrs

um Sr Felino feliz... gosto d'Ele.

bom fim-de-semana
um sorriso :)

~pi disse...

ah...........

esperto e felino que ele é!

dá-te a volta todos os dias: é irre

sis



vel

[ e sabe!!! :)

BlueVelvet disse...

Justine,
vim agradecer a sua visita e fiquei conquistada com os diálogos com o seu gato.
Coisa mais original e doce.
Voltarei.
Beijinhos e bom fim-de-semana

M. disse...

Sem querer generalizar, e eu por mim falo, mas nem tu nem eu percebemos as importâncias humanas. Ainda que seja apenas às vezes.

Ynot Nosirrah disse...

Parabens, seu blog é muito show, literalmente. Gostaria também que conhecesse o meu: conscienciaacademica.blogspot.com.

Rosa dos Ventos disse...

Preciosidade é ele, o Mounty, o resto são "frescuras" dos humanos! ;-))

Abraço

Mar Arável disse...

Há gatos com sorte

Paradoxos disse...

Ter-te como amiga é motivo de grande alegria, teu coração é magnânimo!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá ,Bela sequência de fotografías de belo gato...Espectacular...
Beijo

Teresa David disse...

Gostei tanto do humor e das imagens deste post! Mas, confesso, tive um estremecimento ao ver este gato tão gémeo do meu falecido Tiago, companheiro durante 14 anos e que no ano passado se foi, deixando uma eterna saudade. Não são só as pessoas que amamos que se tornam muitas vezes insubstituiveis, também com os animais isso acontece. Agora tenho o Tição e o Nuvem, mas nunca esquecerei o Tiago.
Bjs e bom Domingo
TD

Fernando Samuel disse...

Por outras palavras: um olho na porta, outro na escrevaninha...

Tinta Azul disse...

Ainda hei-de ver este belo gato a criar o seu blogue para falar da dona como a dona fala dele.
:)))
Beijos

Idun disse...

eheh
e a madeira antiga é óptima para aparar as unhas. só tens de escolher uma parte da escrivaninha em que as arranhadelas não dêem nas vistas...

marradinhas amistosas

Lúcia disse...

E confiaste, Justine? Macaco do gato, que parece que a tem fisgada!:)
Beijos e boa semana

Eyes wide open disse...

Porta-te bem Mounty...!


Beijino para ti Justine.

greentea disse...

nunca tive gatos ... mas eles vêm sempre ter comigo! até a gata do vizinho veio parir no meu quintal , na casota do cão !
Opai dos meninos ficou por cá porque o dono cobrou-lhe a gravidez indesejada e ele não saiu mais daqui e lá se vai safando do cão que nem sempre dá conta dele (ou faz de conta que lhe permite o albergue ...)
beijinhos pela graça das tuas fotos e pelos textos

TINTA PERMANENTE disse...

Pois!... Claro que a gente sabe que não é nada por mor dos cães! É, mas é a tua (vossa) toleima pelas alturas!...
(mas que a tua dona é uma crédula, é!; ai essas unhas!...)
Fico à espera de ver...

abraços!

Van Dog disse...

Totalmente de acordo; têm as prioridades trocadas... ;)

FB disse...

Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão.

mariam disse...

voltei, só para desejar boa semana
e informar que tem um desafio lá no 7sentidos... não se zangue comigo, pleeeease...

um sorriso :)

Sal disse...

Esse gato é muuuuuiiito inteligente.
Miau!

Pus-te no título do meu último post.
ih ih

bjs

TMara disse...

os humanos são mesmo uns animais de hábitos rotineiros sem qualquer utilidade como os nossas têm....Notem k se não afiássemos as unhas arranhávamos os nossos "despelados" amigos de duas patas...., e é só p/ dar um exº.
Bjs
Luz e paz contigo, amiga

bettips disse...

A Donaminha de quem "ele" tanto sente a falta... Ele e eles! Só ver os olhos a seguir os passos...

jawaa disse...

És um fiteiro, Mounty, eu conheço alguém parecido.
Mas a máquina estava lá no momento certo...