terça-feira, 26 de outubro de 2010

Passagem pelo Cairo

É certo que o propósito da nossa viagem era conhecer Alexandria. Mas seria ingratidão não falar nos dois dias cairotas, por aquilo que a capital egípcia nos ofereceu, a começar pela beleza serena do Nilo, que divide a cidade em várias cidades.

Em dias luminosos como o que nos calhou em sorte, do alto da Cidadela e para além do casario, consegue ver-se o perfil das pirâmides.

Houve tempo para jogar à bola com os miúdos do bairro, que tranquilamente integraram o estrangiero nas suas brincadeiras. O estrangiero agradeceu.

Depois, foi matar saudades no souk Khan El Khalili,

cair na tentação de mais uma foto no Velho Cairo,

tomar o último chá na zona sofisticada de Zamalek,
e por fim despedirmo-nos do Nilo, do Cairo, do Egipto. Até sempre!
.
Almost like being in love, Sonny Rollins with The Modern Jazz Quartet









32 comentários:

Maria disse...

Belas fotografias, como de costume.
E o apetite ainda maior de voar até lá :)))

pinguim disse...

Não sei bem explicar porquê, mas o Cairo não me entusiasma por aí além; tenho uma ideia, possivelmente errada, de uma cidade caótica e urbanisticamente pouco atractiva.
O Nilo não é tudo e as Pirâmides estão no deserto, embora perto.

Mar Arável disse...

Nem tudo é deserto

Bj

Pitanga Doce disse...

Foi uma viagem de sonho, não foi? É. Por vezes elas são.

Olha, me deu uma saudade de ti agora, ao ver novamente esta tua foto na penumbra aqui abaixo! Ah, como era bom conversar!

beijos, Justine.

Há.dias.assim disse...

há tanto tempo que não viajo, assim descontraída...

Há.dias.assim disse...

há tanto tempo que não viajo, assim descontraída...

JPD disse...

Belíssimo relato do Egipto.
Bem hajas.
Bjs

Nilson Barcelli disse...

Não conheço o Cairo.
Mas hei-de lá ir...
Bela reportagem, querida amiga.
Beijos.

http://salvoconduto.blogs.sapo.pt/ disse...

Pelo menos no Sporting tinha lugar que está cheio de pernetas e precisa de um ponta de lança. :)

João Videira Santos disse...

Viajar,conhecer, permutar o olhar que a camera fotográfica captou.

(Conheço muito mundo,mas...o Egipto,não. Agradeço a oportunidade por ter "viajado" em imagens)

greentea disse...

bela descrição de um país bem estranho, bem diferente

la librairie disse...

ahhh... como eu quero viajar, e viajar, e viajar...

lindas fotos
belos lugares
ótimo blog

Fernando Samuel disse...

Bonito, sem dúvida.
Em todo o caso... Alexandria é Alexandria...

Um beijo.

Rosa dos Ventos disse...

Que beleza de imagens e como sabes legendá-las!
E como eu sou limitada nas minhas andanças!
Mas viajo à conta dos amigos...
É quase como lá ter estado! :-))

Abraço

jawaa disse...

Obrigada, sempre, pela partilha dos lugares que também eu gostaria muito de conhecer.
A prova traz o desejo.
Uma beleza tudo.
Um abraço

Licínia Quitério disse...

E assim nos dás um apontamento sobre o Cairo que não conheço. Obrigada, repórter J.!

Duarte disse...

A arte de enlaçar imagens com palavras que induzem a partir na busca doutros mundos...

A profundidade de campo permitiu uma foto imensa em dimensão, com as pirâmides ao fundo.
Um prazer para os sentidos.

Um grande abraço, querida amiga

intimidades disse...

fantastico

obrigada pelo passeio por cairo

Beijos
Paula

intimidades disse...

fantastico

obrigada pelo passeio por cairo

Beijos
Paula

al disse...

Também querooooooo....
Excelente, parabéns

o "estrangeiro" disse...

Quase apetece perguntar como se foi ao Cairo e não se foi a Alexandria. Curiosamente, agora, parece-me que as duas cidades se completam, que a viagem ao Cairo sem Alexandria foi como uma viagem inacabada. Mas tem é verdade que não me vejo a ir a Alexandria sem uma (ou duas...) escalas no Cairo.

De qualquer modo... gostei muito do teu relato, embora não me sinta favorecido com o ângulo da foto...

utopia das palavras disse...

Gosto de viajar contigo!!!!

;)
beijinho

mixtu disse...

definitivamente tenho de ir lá

abrazo serrano

Lilá(s) disse...

Obrigada, gostei desta viajem, acho que um dia vou até lá...quem sabe um dia serei reformada...
Bjs

Sara disse...

O Egipto foi o primeiro país que quis visitar. Efeitos de uma grande paixão que me assolou na adolescência pela arqueologia em geral e a egiptologia em particular. Aliás, o meu primeiro pen-friend foi egípcio (escolhia as nacionalidades de acordo com as motivações para futuras viagens... manhosa, eu sei) :)
Infelizmente, ainda não fui lá. Mas algum dia terei que o fazer, não há dúvida.
Um abraço!

bettips disse...

Ficam-nos os olhos a subir a subir como nos minaretes ... Belo, o tempo do sonho que nos deste.
Mas claro que queria Cairo q.b. e outras saídas - no tempo que as pensei, não se estendia a cidade até às 3 pirâmides
(Keops, Kéfren e MiKerinos, como somos pequenitas quando a memória é ainda uma plasticina...)
Bjs

mdsol disse...

Pronto, alexandrina: Só me fazes ver como as minhas viagens são desinteressantes! O que me vale é que aprendo com as tuas.

Beijinho pós três!

:))))

Dionísio disse...

no Egipto fazem a excisão -

o que pensam disso?

M. disse...

"Vem a ventura a quem a procura"... ;-))
A minha também, que cheguei ao Cairo através das tuas palavras sentidas.

R. disse...

Até sempre e até à volta: seja ela real ou simplesmente viagem pelas memórias resgatadas e tantas vezes reconfortantes.

Abraço e votos de boa semana.

Rui Fernandes disse...

Bem, isto está cá uma coisa! Cairo, Alexandria, rosa púrpuras e justines, gatos a dar com um pau, poesia de Kavafis, mulheres veladas, as mesmas ruas que já não são as mesmas ruas!... Vou voltar a rever tudo. Beijos.

Arábica disse...

Inicio aqui a viagem, já sabes do meu péssimo hábito de andar ao contrário :)