sábado, 5 de abril de 2008

Estou farto!

Outra vez fotografias de Toledo? Mas quando é que isso acaba? Prometeste que hoje era eu...

Ainda por cima não estavam lá as telas todas do Greco, para quê continuar a falar da cidade?
Não quero ver mais fotos dessas! Fecho os olhos e só os abro quando puseres uma foto minha

E amuo, e faço greve de ronrons, e não há marradinhas para ninguém durante um mês inteiro!
O quê, nem sequer posso ir espairecer para cima da minha macieira preferida? A árvore está vestidinha de renda e eu posso estragar? Então ...
...vou ficar assim, zangado e em greve de mimos, até fazeres um post com fotos minhas.
Estou farto!

23 comentários:

o das caldas disse...

Linda sequência!
Linda transparência de alma!
Bfs
Beijinhos das Caldas

Pitanga Doce disse...

Ah desculpe lá senhor gato mas estragar as rendinhas da macieira é que não. Pede a tua dona que dê um novelinho de lã para brincares enquanto não ficas bem na foto. hehe

beijos à Justine quando a vires, sim?

Maria disse...

Pois claro senhor Mounti. Toledo é lindíssimo, e depois tem aquele arlequim :) que bem conheces, e o artesanato pra turista, sabes como é...
Recolhe-te amanhã e nos dias seguintes porque vem chuva, e gato que se preza não anda à chuva.
(e dá lá ronrons a eles, aos donos, que bem merecem)...
A foto da macieira é fantástica, Justine...

Fernando Samuel disse...

Fotos belíssimas, textos a condizer - palavras para quê?

Um beijo amigo.

mountolive disse...

Palavras para quê? É uma artista portuguesa!
E também um artista... que este mounti é cá um senhor que a sabe toda!
E a natureza à volta... seja a construida, seja a natural?!
Tudo belo.
Para ser perfeito, só não devias ter cortado as patitas do mounti. Mas eu sei porquê e explico: é que as fotografias são tiradas "às escuras" para quem as tira. Com o sol, não se vê a imagem a fotografar o visor (que sendo visor, devia ser para ver...) e vai tudo por palpite.
Não há dúvida que a "fotógrafa" justine merece outra máquina!

Idun disse...

ora, ora, mounty! tens um ego gigantesco, está visto! deixa-te estar por aí sossegado, que ficas muito bem. e quando apanhares aqueles que tu sabes desprevenidos,trepas à macieira e talvez as rendinhas escondam brinde! ;)
mas tens que perceber a justine, este blog não é só para bichos e há outras coisas, além de ti, que suscitam muito interesse nos humanos.

um hiper-mimado, é o que és!

marradinhas, ronrons

Tinta Azul disse...

Eu a ser ofuscado por tanto monumento. Tanto Toledo é mesmo um toledo. [Pensou o Gato antes de adormecer].
A dona que lhe adivinha os pensamentos, e não o quer amuado, cedeu e pôs mais umas fotografias do belo animal que parece gente.
:)

mariadosol disse...

que história tão bonita ...
e as fotografias ...
muitos ronrons dos colegas daqui rsrsr
:))

herético disse...

belas fotos. e belo texto.

"desafiando-se" mutuamente...

abraço

Bichodeconta disse...

E eu apetece-me amuar por não ter um gato tão gato... boa semana, um abraço, ell

Rosa dos Ventos disse...

Toledo, Mounty, macieiras...enfim, um mundo maravilhoso que posso ver sem sair de casa, graças à tua magia...

Abraço

samuel disse...

Caro amigo

Experimenta ver o Shrek 2 e um parente teu que por lá faz uma grande figura. Se gostares, quem sabe, não ficas interessado em espadas e derivados e nesse caso, Toledo continua a ser uma das melhores opções. Há sempre o Japão e as espadas dos Samurais, mas Toledo fica muito mais à mão. Ainda por cima Samurais pode ser confundido com alguma editora de livros, o que estraga um bocadinho o "efeito espadachim".

Abreijos aos outros aí de casa,
Festa na barriga.

Licínia Quitério disse...

Gosto muito de rever Toledo, mas dou ao Mounty todo o meu apoio.

Beijinho.

Azul disse...

Olá Justine. Isto hoje esté encrencado. Já vim aqui duas vezes e em nenhuma delas consegui deixar o meu comentário. Vamos a ver se é desta.
Linda cidade a de Toledo. Romântica, mesclada, com identidade. Faz lembrar uma cidade de autor.

Belíssimo o excerto de Shostakovich que aqui tinha de manhã, da suite de jazz (se não em engano). Foi bom ouvir este lugar iluminado de sons.

Partilharia consigo um excerto dos muitos copiados por mim, do livro que nos une - Justine! - que reza assim:
"É vão acreditar-se - escreve justine - que o amor possa advir de uma c0omunhão de espíritos, de pensamentos; é a explosão simultãnea de dois espiritos empenhados no acto independente de se expandirem..."

Obrigada. Um abraço para si. Até breve, Azul.

tenho novas em amarelo até que outras inspirações me ocorram.

TINTA PERMANENTE disse...

Ora então é como quem diz...
estás a ver-te greco para fazeres um toledo às floritas da macieira!...
Por estes dias (chuvosos) não tens muita sorte, amigo!...
Paciência!

un dress disse...

branca flor

gato

tigrado...:)

magarça disse...

Gostei de aqui regressar a Toledo..e que ternura, o teu gato :)

Van Dog disse...

Tens toda a razão, Mounty! Estou contigo!

©carmen zita disse...

Justine:
Deixei um "desafio musical" para si no meu cantinho.
Basta escolher 6 músicas que tenham marcado a sua vida. Sei que a grande dificuldade será escolher APENAS seis :)
Estou curiosa com a escolha. Beijinho grande!

Sal disse...

Olha um gato tão lindo... E não é um gato qualquer... pelo que vejo, é mais conhecido que o papa.
Quanto a mim, é a primeira vez que por aqui venho, e sou logo recebida com fotos de uma cidade onde dormi muito bem, comi melhor, e vi coisas giríssimas.

Vou voltar, pois então.

beijinhos

GR disse...

Toledo, lindíssimas fotos. Porém, comparadas às do Monty...
Desta vez ele até fez beicinho(2ª)
parece que fala.
Desta vez as fotos e o texto, estão demais lindas!

Monty,
tens toda a razão,o blog é teu!
Um beijão para o gato mais fotografado da blogosfera.

GR

bettips disse...

"Isto de passear e deixar-me só, é de tolos: por isso, foram eles a Toledo... para depois se sentarem, pipipixapxapxap e me deixarem na metáfora-gaveta. Depois, ainda há aquelas vezes em que pessoas com outros cheiros, aparecem e me falam, melosas, a ver se eu me chego a elas! Qual quê! Eu sou um gato de princípios e sem fins - o meu rabo é famoso - de raça cruzada, entre tigre e esquilo: eu sou o Mounty!
E provavelmente, andei roçando as esquinas dos bares febris de Alexandria, acompanhando desdenhoso as perdições humanas. Sou uma gato da Literatura, meus senhores!"
Bjinhos

comecardenovo disse...

hj tb vou fazer um post com os meus bichanos
bjocas