segunda-feira, 2 de março de 2009

Voltaram, as fadas!







Vieram de novo este ano. As fadas.
Fizeram o seu trabalho e partiram, tímidas e silenciosas, em volteio grácil por cima do primeiro raio da manhã. Apenas as vislumbrei, já longe, mas confirmei que eram as mesmas da visita do ano passado.
Presa às amendoeiras, como sinal de passagem, deixaram-nos ficar a suavidade dos seus vestidos de seda perfumada.
Alguém, que as conhece, me garantiu que elas vão voltar para o ano.
.
Waltz 2, D.Shostakowich

47 comentários:

Só Eu disse...

Olá
Fotografias lindissimas. Nesta altura as amendoeiras são de facto um espanto.
Parabens e beijinhos

Patti disse...

E eu já contei uma história de árvores, vestidos e fadas, mas foi no Inverno.

També já tenho destas em frente a casa. Estão lindas!

anamar disse...

Que belo passeio, Justine!
Não podia ser melhor a metáfora para incorporar a beleza das amendpoeiras!
Dia feliz!

Rosa dos Ventos disse...

Também já deram um toque de magia na minha ameixieira...

Abraço

pinguim disse...

São o primeiro anúncio verdadeiro da proximidade da Primavera.
Bela esta valsa de Shostakowich!!!
Beijinhos.

utopia das palavras disse...

São também elas (as fadas) que vestem o meu Algarve de branco!

São na realidade lindas as amendoeiras em flor...!

Uma ternura o teu texto!

Beijinhos

Licínia Quitério disse...

Voltarão, sim. E convidar-te-ão a entrares na valsa.
Que magníficos vestidos.

Beijinho.

Pitanga Doce disse...

Ah, fadas tão giras que nos dão este espetáculo todos os anos!

Carla disse...

lindas estas imagens de amendoeiras em flor...tornam tudo mais belo
beijos e boa semana

Teresa Durães disse...

lindas árvores!

Maria disse...

Uma beleza para os olhos de quem as vê... às amendoeiras (porque as fadas não se deixam ver assim).

Beijinho

Fernando Samuel disse...

São assim, as fadas...


Um beijo.

Paula Raposo disse...

Tão lindo o teu post!! Sim. Elas voltarão. Voltam sempre...muitos beijos.

dona tela disse...

A senhora acredita mesmo em fadas? Que engraçado!

Arabica disse...

Justine,


voltaram e rodopiaram com os ramos de todas as amendoeiras, damas de sedas vestidas e perfumadas, como tu bem dizes!

E eu que não as vislumbrei, as fadas encantadas, quedei-me sonhadora quando a semana passada, de passagem, observei este magnifico renascer!


Voltarão para nosso deleite.

Até termos olhos e alma para as sentir :) como tu.


Beijinhos

Anónimo disse...

Apesar destes tempos cinzentos e preocupados em que vivemos, continuo a acreditar em fadas.
As fadas que deram o condão ao compositor de criar esta valsa tão bela como os vestidos dos seres graciosos e alados que todos os anos visitam o teu jardim.
As fadas que te ensinaram a partilhar a beleza que os teus olhos veêm com as pessoas de quem gostas, e muitas são.

Campaniça

BlueVelvet disse...

Que beleza de fotos e de texto.
mas não ficas zangada se ainda assim preferir a Lenda do Rei Mouro?
Que queres, sou uma romântica...
Beijinhos

mena m. disse...

Zambujal Debütantenball!!!

Um espectáculo!!!

De repente pareceram-me árvores cobertas de neve...

mac disse...

E vêm vestidas duma forma muito elegante...

Duarte disse...

Algo mágico!!!
Breves pinceladas e tudo branco.
Depois bem o verde, causa efeito este capricho da natureza.
Por aqui também está tudo cheio dessa brancura quase imaculada, são campos de amendoeiras em flor.
Ao ser terra de "secano" (árida) dão-se bem amendoeiras e oliveiras. As amêndoas imprescindíveis para "turrón", o azeite para a dieta mediterrânea.

Bonitas fotografias dumas árvores no seu esplendor.

Beijos de amizade

~pi disse...

belo mágico

ma ra vi lho so! :)




beijo




~

a guardiã disse...

e voltam sempre enquanto acreditarmos no seu encanto...

um beijo doce *

Violeta disse...

e como são lindas as tuas fadas...

Juani disse...

al ritmo de shostakowich los almendros florecieron y con tus fotografias, el dia me alegraron y embellecieron
saluditos

Lúcia disse...

Também ja as vi. Mas gostei muito do teu 'voltaram as fadas'. É mesmo!:)

Fa menor disse...

Lindo lindo lindo!

Mil beijinhos

Gárgola disse...

Antes, quando eu via estas fotos nos calendários (exóticas, em terras tropicais) me extasiava e imaginava como seria passear por estas paisagens. Agora, que minha janela do trabalho floresce a cada primavera, no deixo de maravilhar-me e surpreender-me quando passam as fadas.
Beijos

Anónimo disse...

que delicadeza e bom gosto!
saio daqui voando...
beijocasssss
vovó Maria

JPD disse...

Lindíssimas, as amendoeiras em flor.
Bjs

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Também já recebi a visitas dessas fadas. Está cheia delas, a minha rua

Teresa David disse...

TANTAS VEZES TENHO VISTO ESTAS BONITAS IMAGENS DE AMENDOEIRAS EM FLOR E NUNCA TIVE O PREVILÉGIO DE AS VER AO VIVO! AINDA NO SABADO VI UM FILME QUE NÃO VIRA NO CINEMA "O ÚLTIMO SAMURAI", QUE ACHEI LINDISSIMO E ONDE APARECEM IMENSAS AMENDOEIRAS DESTAS COMO PEÇA FUNDAMENTAL DA HISTÓRIA.
BJS
TD

Anónimo disse...

Obrigado pelo presente,imagem,som e texto que me trouxeram a PAZ de que tanto,tanto,precisava hoje,e me fizeram olhar,com olhos de consumir,duas pequeninas macieiras de jardim que floriram sem que eu lhes tivesse dado importância.Os meus olhos obtusos não me deixam ver fadas...Kincas

PreDatado disse...

O que vale é que neste vai-vem de fadas sempre elas nos deixam os vestidos. Sobre as árvores.

Azul disse...

Olá Justine. Desculpo-me pela ausência.
Há momentos em que lamento profundamente não ter talento para inventar histórias, pois era isso que agora me dava jeito ter, para aqui mesmo, contar uma história de fadas. Maravilhosas imagens, magnifica sensibilidade a sua.

Grata.

Um beijo. Com amizade. Azul.

p.s. deixo nova morada de blog estreante, com imensa graça (parece-me). D~e uma espreitadela e comente se achar por bem, pode ser?

www.arroz-de-grelos.blogspot.com

obrigada.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

mundo azul disse...

_________________________________

Belíssima analogia!

Quanta delicadeza e sensibilidade nessas palavras... Adorei!


Beijos de luz e o meu carinho...

_________________________________

tinta permanente disse...

Hoje, particularmente, olho-as com mágoa. Hoje, há oito anos gente de cor nos olhos e flores nos sorrisos foram longe ver o arvoredo em renda. À volta, à calada da noite, a Morte roubou-lhes a cor...
'Um dia
quando for morna a dor nos olhos
vamos secar as lágrimas do rio.
Sossegar-lhe o silêncio ondulante
e a mágoa da Primavera que não floriu.
...
não foi ele que sem saber que morriam
não deu sossego à dor
na outra margem do rio.'


mas gostei das tuas fotografias!
abraços!

Mar Arável disse...

Talvez distrídas

também as andorinhas

apesar do tempo que faz

poetaeusou . . . disse...

*
nunca fiando, amiga,
andam por aí,
abates esquisitos,
,
conchinhas de luz, deixo,
,
*

mfc disse...

São fidelíssimas!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belas cores da Primavera...Espectacular....
Beijos

Mel de Carvalho disse...

Voltam, minha amiga. Voltam sempre. E olhe que eu sei :) Tempos houve em que também era "fada"... noutra encarnação, pois claro.


Muito belo o seu texto, Justine. Peço desculpa pela ausência, mas não tenho andado bem.

Saudoso beijo
Mel

Van Dog disse...

:)
Habilidosas, as fadas!

Benó disse...

Aqui como aí.
O vento, sempre ele,atirou para o chão essas pétalas finas e delicadas do simbolo da minha terra.
As amendoeiras já não têm flor.
Um abraço

Sofá Amarelo disse...

... passaram também pelo meu jardim de ameixeiras e deixaram tantas abelhinhas também que um dia destes vou postá-las...

Muitos beijinhs!!!

M. disse...

O melhor é acreditar que as fadas não nos abandonam, apenas vestem outros vestidos e usam perfumes diversos consoante a época do ano.

Alien8 disse...

Voltarão :)