sexta-feira, 27 de março de 2009

Lugares da Memória - II - Caldas

É muito mais que um espaço físico: é um ambiente, uma saudade, um labirinto de encontrar rumos, uma porta de partir em voos.
Onde gente, gatos e livros se misturam num tempo circular e sedutor.
.

It's easy to remember, John Coltrane Quartet

26 comentários:

Maria disse...

A 107 descrita na perfeição...

Paula Raposo disse...

Não conheço. Beijos e bom fim de semana.

Teresa Durães disse...

Caldas: ia sempre à feira da fruta e adorava

BlueVelvet disse...

Fantástica a gravura:)
Aproveito para responder à tua pergunta. Sou alfacinha de gema, mas toda a minha família paterna é de uma aldeia perto das Caldas ( conheces a Quinta do Paúl?), por isso passei toda a infância e adolescência por esses lados: Óbidos, Baleal, Caldas, etc...
Já agora falta a Zaira e as suas trouxas de ovos. Até tive um namorado nas Caldas, hehe
Beijinhos

vida de vidro disse...

Conheço mal as Caldas. E vivi lá relativamente perto. Mas tantas vezes desconhecemos o que está mais perto... **

bettips disse...

Não conheço mas pelo que dizes será de "ver" e sentir! A banda desenhada, uma boa descrição do prazer de ler.

intimidades disse...

nao conheco mas fiquei com vontade

Jokas
Paula

Duarte disse...

Que ilustração tão bonita!!! Que ambiente!!!
Não sei o que é a 107, seja o que for resulta sugestivo. O que sim vejo é um movimento impulsor para a leitura, o que me alegra infinitamente: temos que ler muito mais.
As Caldas foi, então, um ponto de passo quando estive na Base da Ota. Ou quando ia para Peniche ou Óbidos. Sei da influencia das frutas e doutras coisas que a fizeram famosa pelas terras do Norte, mas, lamentando-o muito, nada mais.
Ainda estou a tempo de adentrar-me nela e recuperar terreno.

Para ti todo o meu afecto num forte abraço

mundo azul disse...

__________________________________

...quem dera um dia, todos pudessem viver assim, na alegria e harmonia!

Bela e reflexiva ilustração...


Beijos de luz e um dia muito feliz!!!

__________________________________

contigo disse...

Um momento de convívio, no meio de livros, os olhos nas capas e os dedos pelas páginas folheadas, conversando sem tema nem tempo sobre coisas de que gostamos com quem gosta de coisas de que gostamos. Um momento... bom. Bom de viver.
Mas também - e tu tens lá a palavra e o sentido - um momento de saudade, de saudades outras que não só a da tua infância por aqueles vizinhos lugares. A suave agressão de uma nostalgia, da sempre presente saudade de uns amos de som e tinta e tanta coisa bonita e gente à volta. O passar dos dedos pelas cicatrizes que a vida vai deixando do lado de dentro do nosso corpo.
Um momento nosso nessa viagem tua ao teu passado, nessa tua viagem que, companheiro, tanto gostei de acompanhar.

Fernando Samuel disse...

Lindíssimo!
Obrigado.

Um beijo.

Pitanga Doce disse...

Então explica lá o que era a 107, vá!

beijos

anamar disse...

Girissima a banda desenhada!!!
Estou curiosa... O que é o 107??
Não é a casa dos chocolates, pois não???
Abracinho

Justine disse...

Bom, lá terá que ser. Ainda respondi em privado ao Duarte, por me parecer que a resposta se aproximava demais a publicidade.
Mas perante o pedidos das "várias famílias" e pensando melhor concluí que um pouco de publicidade também não lhe faz(nem a mim) mal nenhum, aqui vai: a Loja 107 é uma livraria que pertenceu a um casal de gatos(que me perdoe a Fazdedona:)), do qual apenas resta o elemento feminino. E que permanece fiel a princípios.
É um espaço onde se respira muito, muito bem!

utopia das palavras disse...

Pronto, também eu fiquei a saber o que é a loja 107. Obrigada!
Pena minha, não conheço!!!!!!

Um beijo

mdsol disse...

Deixo-te 107 beijinhos
:))

mariam disse...

Justine,

belíssimas 'memórias'! essas.

maravilha de post! este.

bom fim-de-semana
um abraço e um sorriso :)
mariam

mariam disse...

errata: maravilha de posts! estes.

Sal disse...

Andamos numa de nostalgia, tu e eu...

beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
*
Justine
eu ajudo,
estamos em Democracia
não me fecham o blog . . .
,
107 – Livraria – livros e quejandos,
Bordalo Pinheiro, caricaturas,
cerâmicas, gatos e muito mais.
Rua dos Heróis da Grande Guerra
107 - Caldas da Rainha.
,
Conchinhas no vento norte,
,
*

anamar disse...

Obrigada!!!:.))

Sofá Amarelo disse...

Sou frequentador da 107 e já fui a muitos lançamentos de livros promovidos pela Isabel. Aliás, as Caldas da Rainha são um local mágico para mim - há cerca de um ano que vou lá com uma frequência muito grande - todas as semanas quase...

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Arabica disse...

Justine,


inspirada pela imagem e pela tua descrição, julgo que lá mais para a frente ainda vou até às Caldas, "respirar esse ar"... :)

Conheço pouco, lembro-me da feira no jardim (julgo que ainda tenho uma pequena tartaruga de louça de lá trazida) e do Museu Bordalo Pinheiro. Seguramente, há quase 20 anos que não a visito.

Beijos

Alien8 disse...

Justine,

Excelente ilustração!

"Gente, gatos e livros" - não está nada mal... :)

GR disse...

Que maravilha, Banda Desenhada.
É o Major Alvega?

GR