sábado, 5 de janeiro de 2008

Africa minha - savana III








Hoje, para completar a reportagem sobre a Reserva, deixo-vos com os animais que não
despertam a nossa adrenalina, mas que também andam por lá...

11 comentários:

Maria disse...

Digamos que é uma adrenalina diferente....
a segunda foto é de quê? uma lesma?

Beijo

Boa Lingua disse...

Só não tenho inveja da viagem, por ser um sentimento muito feio!

Justine disse...

Olá Maria
Sim, é uma lesma, com a pele mais clara do que as nossas-curioso, não é?

Justine disse...

Boa lingua, mas podes transformar esse sentimento feio numa coisa positiva, numa emulação, tipo "ah eles foram e viram, pois eu também hei-de ir um dia e ver tudo isso e ainda mais!"
Bjinho

GR disse...

Tartarugas tão grandes, despertam toda a adrenalina!
Vão dizer que sou louca (não se enganam) mas roubei a foto da lesma e está num pequeno quadro! É linda e depois só uns olhos como os da Justine, tirariam uma foto tão linda!
São patos? Parecem-me patos???
Estas fotos têm sido tema de boas conversas, aqui em casa.
Espero que para o ano continuem estas viagens.

GR

campaniça disse...

Do que mais gosto das vossas viagens são as reportagens fotográficas. Assim, posso ver e imaginar sítios que, de outra forma, provavelmente nunca verei. E, além disso, fico feliz por passarem uns dias tão interessantes. Sem falar que, quando partem, fico a pensar: - O que será que eles me vão mostrar desta vez?

Justine disse...

GR, obrigada pela promoção da minha foto a quadro. E as aves são perdizes, um pouco diferentes das nossas, mas perdizes selvagens, que apesar disso quase, quase, se aproximaram da minha mão.

Campaniça, que bom, assim as viagens valem a dobrar!

mountolive disse...

Quer dizer que também há brancos que são lesmas... perdão, que há lesmas que também são de pele clara!
Quanto aos eventuais patos as corriqueiras perdizes teriam despertado comovidas recordações cinegéticas na Justine e na mana.
Diz quem sabe e até fotografou,

GR disse...

Mounty,

Tenho uma paixão por leões!
São imponentes, altivos (apesar da leoa mandar em casa)
O leão foca tão fofinho com aquela juba.
Quando era criança dizia à minha mãe:
”quando eu morrer leva-me ao Zoo, atira-me aos leões, para me comerem”.

Tudo para dizer, como foi possível “apanhar-te” assim?
Com cara de felino feroz?
Estás tão lindo! Não te troco por nenhum leão.

Justine,

A Campaniça tem toda a razão, quando diz: “do que mais gosto das vossas viagens
são as reportagens fotográficas… de outra forma, provavelmente nunca verei…”
Parabéns pelas fotos, sobretudo, pela tua sensibilidade.

Para ti Mounty, uma torrinha!

GR

GR disse...

Desculpem este comentário é para o post Savana IV.

GR

bettips disse...

Estes...Ternura!