domingo, 20 de janeiro de 2008

Jardim de promessas








Apesar dos sinais do Inverno ainda bem presentes no tronco seco da figueira, o jardim começa a prometer-nos a chegada da Primavera, nas pequenas flores silvestres e nos prenúncios de camélias. Isto promete, é só um pouco de paciência!


9 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Tenho que ir ao meu jardim, para ver se por lá há promessas assim bonitas como as tuas...

Abraço

Maria disse...

A Natureza acabará por se cumprir, mais tarde ou mais cedo.
Mas a foto da figueira, de braços estendidos para um infinito, está linda.....

herético disse...

dir-se-ia: "jardim das delícias"...

GR disse...

A Natureza é bela. Porém, o teu olhar é especial!

GR

Justine disse...

Rosa, há certamente promessas tão belas como no meu...

Maria, também gosto muito da minha figueira a fingir que está seca, e daqui a umas semanas começa, suavemente, a mostrar que não, que está viva!

Justine disse...

Herético, "jardim das delícias terrenas" só há um, o do Hieronymus Bosch e mais nenhum!
Mas no meu pequeno e caótico jardim ainda me deliciam estas expressões cíclicas da natureza.

GR, :)

A.Mello-Alter disse...

Flores bonitas...
Mas eu é mais atirar pedras aos políticos. Eheheh.
Ouviste o ultimo post? Geni e o Zepelim?
Aconselha os teus visitantes a passar por lá...

nuno leite disse...

Conheco esse jardim. Tao bonito, reflexos da tratadora... Por aqui, este ano as flores vao ser enormes, a julgar pela chuva que cai...

Justine disse...

Nuno, obrigada pelos reflexos...
beijo, vou visitar-te