quinta-feira, 13 de março de 2008

Interim poético


Pelo sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não frutos
Pelo Sonho é que vamos
Basta a fé no que temos,
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos
com a mesma alegria, ao que é do dia-a-dia
Chegamos? Não chegamos?
-Partimos. Vamos. Somos.
Sebastião da Gama


17 comentários:

nuno leite disse...

Parti. Vou. Sou.
Como com olhos postos em alvos, vivo apenas os momentos de caminho para la chegar. Chego? Nao chego? Parti.
E a beleza esta quase toda na caminhada...
Perdoe-me o "da Gama", mas para mim, Sebastiao, havera sempre somente um... O que sempre me da um empurrao, nos degraus mais afoitos...

Justine disse...

NL
Vai e sê. Partiste, chegarás!!

Que bom termos tido o Sebastião único, e termo-lo ainda e sempre na nossa memória. Emocionada fico, e agradeço-te por isso.

Pitanga Doce disse...

Justine, agora quando entro aqui já espreito de rabo de olho. É que deixas em cada post uma profusão de cor e sentidos que faz sonhar.

"Sim, pelo SONHO é que VOU"!

Maria disse...

É pelo sonho que vamos! Sempre!
Voltei cheia de mar e de sonhos....
Parto sempre, vou sempre.....
... e volto, com saudades vossas....

Um beijo

mountolive disse...

Também queria juntar-me à lembrança do "vosso Sebastião". Senti tão curto o tempo de o conhecer como ele merecia!

Rosa dos Ventos disse...

Lindo o poema e belas as imagens ou vice-versa!

Abraço

Justine disse...

Pitanga, "o sonho comanda a vida"...e os poetas têm sempre razão!

Justine disse...

Maria, as saudades são mútuas, ainda bem que voltaste. E que bom teres ido visitar a minha cria na bela cidade dos canais:))

Justine disse...

Rosa, vice-versa também para ti :))

Fernando Samuel disse...

«É pelo sonho que vamos», por isso «Somos».
Que belo «interim poético»!

Obrigado.

Idun disse...

e as flores talvez se abram para cumprir o sonho de serem luz e cor...
achei belo o momento poético, justine.sabes, uma felina não é desprovida de sensibilidade....

mimos&ronrons extensivos ao mounty, não te esqueças

Vieira Calado disse...

"Pelo sonho é que vamos":
Bem me parecia que era dele.
É que já vi, por aí, qualquer coisa idêntica, como se fosse doutro...
Cumprimentos

O das Caldas disse...

Tenho más notícias. Um dos gatarrões morreu.
Bfs
2 beijinhos

Ditaur disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
samuel disse...

Então 'bora lá!

Abreijo

Pitanga Doce disse...

Justine, você que é uma mullher delicada e sensível vá ao "Guris Eu Vi" (há link lá em casa) e ouça a melodia do poema que deixei no Pitanga. É para nós mulheres.

beijos

herético disse...

vamos. somos!

Sebastião da Gama um poeta sensível e vibrátil. foi bom (re)ler aqui.