segunda-feira, 17 de março de 2008

Brincadeira adiada

Que aborrecimento, dono, sempre a teclar! Dá-me um pouco de atenção...

Anda brincar comigo um pouquinho, descontrais e o trabalho depois rende mais...
Mas decide-te de uma vez, já estou a ficar sonolento de tanto esperar
É mesmo a tua última oportunidade, senão desisto por hoje e vou dormir
Eu avisei, agora é tarde! Até amanhã, dono. Ron-ron-ron-ron-ron-ron



16 comentários:

Maria disse...

... ou como se adormece ao quinto click...
Excelente sequência de fotos e comentários (gostei particularmente do ron ron ron..)

TINTA PERMANENTE disse...

Palpita-me que... vencido, mas não convencido!. Voltará ao ataque!


Abraços!

GR disse...

O meu grande mal é fazer tudo, o que eles querem.
Largo tudo!
Como se pode resistir a uns olhos, a um pelo, a um jeito assim!

As fotos…vou tentar arranjar um adjectivo supremo, para esta obra fotográfica.

GR

bettips disse...

Esse é um anjo da guarda mascarado de gato... Um bombom.

Fernando Samuel disse...

Numa das suas «Histórias com Juízo» - intitulada «Votos» - o Mário Castrim conta que «na minha casa foram a votos para saber quem era a pessoa mais importante e cada qual escreveu num papelinho» - o GATO escreveu: «A pessoa mais importante é escusado dizer quem é, porque toda a gente sabe que sou eu»...

Justine disse...

Maria, ele fica a fazer ron-ron mesmo depois de adormecer. Parece um eco!

TP,claro, a sedução é contínua, e normalmente produtiva!

GR, não me embaraces com os teus elogios...

Bettips, anjo da guarda,psiquiatra,sei eu que mais...

FS, como o Castrim conhecia bem os gatos!

mountolive disse...

Já agora... não tem interesse nenhum... mas gosto de contar:
Prólogo- quando o gato começou a tomar posições, o ao computador suspendeu o trabalho, fechou a mão esquerda impedida de teclar e ainda tentou continuar só com a direita.
Cena em sequência - o ao computador parou tudo o que as antigas musas o estavam inspirando (e obrigações exigindo) e ficou olhando, embevecido, o gato e a fotógrafa enquanto as suas/deles andanças (poucas) e manigâncias (muits). Hesitou, até presentir, pelos ron-ron-ronsssszzz, que o gato adormecia ou fingia que, e a dona fotógrafa dava a tarefa por terminada, e abriu a mão esquerda e recomeçou o interrompido com a espera(nça) que as musas não tivessem ido a outras vidas (sem gatos).
Prólogo (não fotografado) - o gato em seu sono espreguiçou-se, esticou a pata esquerda e com ela ocupou parte do teclado onde o do computador tinha (tinha!) a intenção de trabalhar.
Foi assim porque eu vi. Fui testemunha ocular.

Justine disse...

Mountolive,apesar de estar um excelente making off do filme, não era suposto mostrar os bastidores...assim perde-se o encantamento do faz-de-conta, o fascínio da ilusão que é o cinema:))

rosasiventos disse...

ron ron ron

r o n

Idun disse...

ora, não fosse mounty um felino que conhece todas as artimanhas de sedução, sobretudo quando o visado é um sensível escrevedor!

o ron ron ron foi só um intervalo e mais uma estratégia para despertar atenções...e uma certa cumplicidade com a justine, para que ela pudesse acabar a sessão fotográfica em beleza e fazer-nos sorrir.


marradinhas amistosas

Azul disse...

Que delícia é ver de perto a ternura do convívio sereno com os humanos. Assim fossemos também nós, pacientes, ternos, dedicados, leais, uns com os outros. Muito bonita a sequência e a ternura implícita. Um beijo. Até breve. Azul.

"o dono" disse...

A justine tem toda a razão quanto aos "making-off". Eu sei que o mountolive não tinha qualquer intenção de estragar o "efeito do filme" mas, de certo modo, fê-lo.
E digo isto porque cada vez que aqui passo, cada vez gosto mais de ver a sequência porque cada vez consigo ver melhor o "filme" como o espectador do "filme" e não como o dono... da mão, mero figurante acessório que, no "making-off", teria outras coisas para dizer e que talvez dessem para serem outros "filmes". Ou não serem...

Justine disse...

Ó dono, vai passando, sim! Se fizeram o Rambo VI ou VII ou lá o que foi, mais facilmente faremos nós o "Brincadeira adiada" II e III, e...

Tinta Azul disse...

Gosto de gatos. Além de muitas outras coisas, "ensinam gaivotas a voar".
Uma festinha no pelo adormecido. :)

lenor disse...

http://presente-imovel.blogspot.com/2008/03/pacincia.html
Cumprimentos.

Van Dog disse...

:)