sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Vietname, as gentes e os lugares - III




Pesca e agricultura
O ambiente de trabalho é sempre a água.
Na Baía de Halong ou no delta do Mekong, pesca-se com redes artesanais produzidas pela família e remendadas todos os dias, ao fim da faina.
Nos campos de arroz trabalha-se com água até ao joelho, às vezes até à cintura, em união estreita com os elementos. Os instrumentos de trabalho são precários e primitivos, e só o búfalo aligeira a dura tarefa do cultivo do arroz.
Homem/Mulher-água-terra: trângulo fértil, de que depende o sustento do país.

40 comentários:

Paula Raposo disse...

O que de belo pode ter o primitivo!! Muitos beijos.

mena m. disse...

Comoventes estas imagens pela simplicidade das gentes,pelo ao trabalho tão duro, pela grande harmonia com a natureza!

E as tuas belas palavras!

Beijos

.moony. disse...

nossa, eu nunca tinha visto fotos do Vetnã *.*
nmuito bom ^^
até mais...
.moony.

salvoconduto disse...

Suponho que não haverá ninguém, com idade para isso, que nunca tenha ouvido falar no Delta do Mekong e o que representou para o Vietname ou mais cedo ainda na Guerra da Indochina.

BlueVelvet disse...

Que fotos lindas.
Percebo porquê que o Mounty tinha os olhinhos em bico:)
Beijinhos

Tinta Azul disse...

Lindo de se ver. Atá faz uma certa inveja [da boa] não ir também.

Vai mostrando que quero ver mais.
Bjs

hfm disse...

Fico aqui olhando e aprendendo.

Teresa Durães disse...

umas imagens bem bonitas!

Mar Arável disse...

Veremos se Obama

não estraga a paisagem

Violeta disse...

tiraste mesmo muita foto...
lindas, todas!

Patti disse...

É ancestral o que aqui nos mostras.
Fabuloso!

pinguim disse...

Qur boa ideia esta de nos "mostrares" assim por imagens a tua viagem...
Espero por mais.
Beijinhos.

Anónimo disse...

Cada foto sucede-se numa cadência de beleza de tirar a respiração.
Parece que o ar é mais puro, mais leve e apetece ir lá, também.
Há por aí muito fotógrafo profissional que não te chega aos calcanhares,Justine.
E tudo isto ouvindo Mozart.
Estamos no limiar da perfeição.

Campaniça

mdsol disse...

As fotografias bonitas mostram... Mas o que mais me chama a atenção nesta viagem "a meias" são as tuas palavras: simples, essenciais, directas... sem rodriguinhos... Como o que as fotogafias sugerem afinal...
beijo
:))

mac disse...

Estou a adorar esta sequência que nos estás a apresentar. Nunca imaginei que o Vietname fosse tão colorido e tão belo. Gostei principalmente destas fotos com a água como elemento principal.

samuel disse...

Triângulo precioso... e muito bonito.

Abreijos

Duarte disse...

As fotografias são um elemento essencial para melhor compreender o que se vive. Um documento imprescindível à hora de transmitir certas coisas, permitem que sejas concisa, mas suficientemente exacta, pois uma boa imagem poupa muitas palavras.
Gosto deste tipo de documentos e do modo como os analisas, é como se te estivesse a ouvir: falas como escreves: cativas.

Um grande abraço desde a Valência de El Cid.

mfc disse...

Ficaram-me os olhos naquela primeira fotografia!
Estou a gostar imenso deste roteiro.

Maria P. disse...

Que lugares...
Obrigada, Justine.

Beijinho*

estou aqui disse...

Olá. Tendo o privilégio de conhecer a totalidade da documentação, fico com pena do que fica por mostrar, embora te cumprimente pelo que seleccionas e sublinhas. Noutros registos - e, claro, sem a receptividade que mereces -, sinto-me contente com o lado complementar de testemunhos que deixo por outros lados.
Temos ainda muito para mostrar e dizer...

vovó disse...

de cortar a respiração!!!...
mais uma vez, obrigada por esta maravilhosa partilha!
beijocassss
vovó Maria

Fa menor disse...

Fotos impressionantes... belas!
Onde a simplicidade impera tudo é mais belo!

Bom fim-de-semana

Beijinhos

Arabica disse...

Paisagem serena onde ainda reside a simplicidade do gesto na terra e na água, mães.


Quem sabe a viagem de uma vida.


Beijo, bom sabado.

legivel disse...

... a selecção de imagens e os textos que lhes "colaste" deixam-me adivinhar que foi uma viagem para recordar e recomendar.

É-me grato "ver" (através destas fotografias) que este é um belo país e não precisa que alguns "campeões da liberdade" lhe "ensinem como é viver em democracia".

Vi os posts todos. Há mais?

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Excelentes fotos, Justine! Foi como se tivesse voltado lá 17 anos depois.
Beijinhos

vida de vidro disse...

E como essa água se torna presente através das tuas fotos. A simplicidade e a dureza do trabalho. Excelente viagem, esta que fazemos contigo. **

Licínia Quitério disse...

Interrogo-me: O que é que pôe sorrisos no rosto de um povo? Vais-me dando pistas.

Um beijo.

M. disse...

De regresso a estas janelinhas sobre o mundo, agora a tua. Absorvendo a serenidade que sinto nas fotografias e nas tuas palavras. Obrigada pela partilha de outras vidas.

~pi disse...

Homem/Mulher-água-terra: trângulo fértil

redondamente

por si só um poema de não palavras,

obrigada pela música

pelas cores desta água,




beijO





~

poesianopopular disse...

Amiga
...Não fizes-te um passeio de búfalo?
Estavas com medo de ficar com os olhos rasgados?
Já me tinham dito que, o Vietname, é muito bonito, mas, agora com a vossa partilha (fotos)fiquei com a certesa.
Obrigado amiga
Abraço

utopia das palavras disse...

E eu continuo nesta viagem maravilhosa (e tão pouco dispendiosa)Estou a adorar! Obrigada!

Vamos para onde, amanhã????

Um beijo

Anónimo disse...

Obrigada, Justine, pelas fotos que me fazem recordar uma viagem marcante.
Agrades

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Justine...bela foto reportagem...Espectacular...
Beijos

JPD disse...

Olá Justine

Belíssima edição.

Bjs

mariam disse...

Justine,

que bom, mais estas excelentes imagens e esclarecedoras palavras. obrigada.
não fazia ideia que montassem os búfalos e "em pelo"!

boa semana
um sorriso :)
mariam

Rosa dos Ventos disse...

Água - o princípio do Mundo!
Lindas as fotos...

Abraço

Carla disse...

continuo, cantada, a acompanhar esta tua fantástica viagem
beijos e boa semana

Fernando Samuel disse...

O triângulo da VIDA.


Um beijo.

Anónimo disse...

Querida amiga,
Acho que falhaste a tua vocaçao! Fotografias belissimas e cheias de sensibilidade...
Obrigada por partilhares.
Saudades e vemo-nos antes de Julho. Claro que vou estar por ca e aproveitar da tua presença para visitar lugares.
Beijinhos.
DandaD

materials disse...

ganjiang240
moyan463
juque290
goujian398
pier362